• 01 set 2009
  • Postado por Tiago

“O lançamento do pré-sal tem cara e cheiro de palanque eleitoral”

Ronaldo Caiado (GO), líder do DEM na Câmara, após o lançamento do projeto do pré-sal

CPI: patrocínios da Petrobras foram políticos

É improvável que a CPI da Petrobras avance nas investigações da farra de patrocínios: quase todos foram solicitados por políticos. O líder tucano Arthur Virgílio (AM), pidão contumaz, certa vez pediu verba para um filme intrigante: “Parusia, a ira do juízo”… Autor da CPI, Álvaro Dias (PSDB-PR) pediu grana ao projeto “Sai da rua”. Dos caixas da estatal saíram muitos reais: só no ano 2000, R$ 96 milhões em patrocínios.

Não se perca pelo nome

Um dos pedidos de patrocínio do paraibano Ney Suassuna (PMDB) faz parte do folclore da Petrobras: o projeto cultural “Por trinta dinheiros”.

Pediu, agora investiga

Atual chefe da assessoria técnica da CPI da Petrobras, o ex-senador tucano Antero Paes de Barros foi autor de vários patrocínios à estatal.

Tocando de ouvido

Outro tucano, Lúcio Alcântara (CE), foi o padrinho de um “Festival de Jazz e Blues”, em 2002, patrocinado com dinheiro da Petrobras.

Caixa preta

Estima-se que desde 2003 a estatal Petrobras torrou R$ 47 bilhões em mais de 60 mil contratos assinados sem licitação.

Pizza no Senado, pasteis na Câmara

Se os senadores preferem pizza, deputados federais gostam mais de pastéis. O deputado Marco Maia (PT-RS), primeiro vice-presidente da Câmara, semanalmente oferece em seu gabinete uma festinha para colegas e amigos, à base de pastéis, refrigerantes e pães de queijo. Maia também é chegado a pizza: foi dele o relatório da CPI do Apagão Aéreo que garantiu impunidade à petelhada com culpa no cartório.

Mais um

Esta segunda, 31, “é o segundo dia da independência”, segundo Lula, empolgado com o marco do pré-sal. Outro feriado nacional à vista?

Pagando e contando

O site www.impostometro.org.br mostrou que o brasileiro pagou ontem (31) até as 16h, R$ 1,9 bilhão em impostos. Para que mesmo?

Pela boca

O noviço Ministério da Pesca lança hoje uma campanha para incentivar o consumo de peixe. Lula, claro, vai vender o dele.

Senador ‘Lulofote’

Em evento social que reuniu a fina-flor do poder petista, em Brasília, no último fim-de-semana, dizia-se que Aloizio Mercadante (PT) gosta mesmo é de “Lulofote” – isto é, aparecer ao lado de Lula, sob holofotes.

Bom para tosse

Na TV Record, o bandidão chileno Mauricio Norambuena chamou de “desumano” o presídio (com visita íntima) onde cumpre pena de 30 anos pelo seqüestro do publicitário Washington Olivetto. Não é pior que o buraco onde ele meteu a vítima por 53 dias. Que apodreça na cadeia.

Deda na mira

O Tribunal Superior Eleitoral não aceitou que o PTB desistisse da ação de cassação contra o governador de Sergipe, Marcelo Deda (PT). Aliás, a tentativa de desistência pegou muito mal na Corte. Deda está no sal: o relator, ministro Félix Fischer, é tão respeitado quanto severo.

Sobrou pra nós

Para custear as obras exigidas pelo Comitê da Fifa para a Copa de 2014, a Infraero aguarda da Agência Nacional de Aviação Civil (Anac) a revisão das tarifas aeroportuárias e, portanto, das taxas de embarque.

Cartel impune

O duopólio funciona numa boa, sem punição da Anac: bilhete Rio-São Paulo (Santos Dumont-Congonhas), para sexta (4), custa o mesmo na TAM e na GOL, com diferença de R$ 4,5. Nenhuma delas é punida.

Deus te ouça

A ex-ministra e “candidatável” Marina Silva garantiu à Veja que “não descrê da ciência” e jamais defendeu “que o criacionismo seja matéria obrigatória nas escolas”. Acredita “que Deus criou o mundo, só isso”.

Orçamento eleitoral

Tem cara de campanha eleitoral o projeto de orçamento do governo para o próximo ano. Prevê aumento de gastos com “projetos sociais”, habitação popular, funcionalismo público e obras de infra-estrutura.

À mercê dos bandidos

Fim de semana sim, outro não, quadrilhas trocam tiros pelo controle do complexo de favelas da Maré, no Rio. Invadem casas, prédios públicos etc. Só o governo Sérgio Cabral não entra na briga pelo controle da área

Perguntar não contamina

É de esquerda ou de direita o vírus da gripe suína do presidente colombiano Alvaro Uribe?

PODER SEM PUDOR

Fumante ocasional

“Imortais” mineiros viajaram ao Rio de Janeiro, semana passada, para serem homenageados na Academia Brasileira de Letras pelo centenário da entidade em Minas. Todos chegaram ao mesmo tempo no hotel, que estava lotado. Não havia reserva para um deles, escritor e ex-ministro Ronaldo Costa Couto. Mas a recepcionista observou:
– Só tem quartos para fumantes e o senhor não fuma, né?
Cansado de esperar, Costa Couto respondeu na lata:
– Tem problema não, minha filha. Se for preciso, eu fumo!

  •  

Deixe uma Resposta