• 05 dez 2009
  • Postado por Tiago

“O ano abre contra a oposição e a favor do governo”

Ex-prefeito do Rio César Maia, admitindo que o “DEMsalão” causou um “racha” no partido

Durval diz que Arruda comprou um haras

No Termo de Declarações do ex-secretário de Relações Institucionais Durval Barbosa ao Ministério Público Federal, em 17 de setembro, ele afirma que o governador José Roberto Arruda teria adquirido um haras na região do PADF (Programa de Assentamento Dirigido do Distrito Federal), cuja sede estaria em reforma. Barbosa disse ter ouvido a informação de Heraldo Paupério, marido da atual sogra do governador.

Laranja

Durval Barbosa não informou o valor da suposta compra “à vista” do haras, adquirido em nome do “laranja” identificado por “Severo de Tal”.

Haras milionário

O valor do haras supostamente adquirido pelo governador José Roberto Arruda (DEM) seria de R$ 6 milhões.

Banzai!

A presidência da República vai gastar R$23,6 mil em quimonos e cones para os lutadores que protegem dos imprudentes “o filho do Brasil”.

Bons ventos

Mauro Leos, analista da agência de investimento Moody’s, prevê que o Brasil vai crescer 0,4% em 2009 e mais de 5,5% em 2010.

PF prende servidor do STJ por tráfico

Servidor do Superior Tribunal de Justiça, homônimo do ex-prefeito do Rio Cesar Maia, foi preso em Brasília pela Polícia Federal no âmbito da Operação Pérola, de combate ao tráfico de drogas. Ele trabalha no setor de correspondência da Quinta Turma do STJ. Sob licença da alta direção do tribunal, a PF recolheu o HD (hard disc) do computador que ele utilizava, no trabalho, e na sua casa apreendeu um laptop.

A vida é bela

A expectativa de vida dos brasileiros aumentou para 72,8 anos, diz o IBGE. Alguém com 60 ainda tem uns doze para ver mais roubalheira…

Tô fora

A jornalista Mônica Torres Maia também já não assessora José Roberto Arruda, governador do DF. Ele procura novo staff na área.

Barriga neles

A orientação da base governista no DF é empurrar com a barriga os pedidos de impeachment até o início do recesso parlamentar do dia 14.

Trinta dinheiros

Durval Barbosa contou ao MPF que o deputado Júnior Brunelli, aquele que rezou após embolsar uma grana, hoje no PSC de Joaquim Roriz, recebia R$ 30 mil mensais desde 2002. O mensalão era no governo Roriz, mas Durval diz que era pago supostamente a mando de Arruda.

Campeão Mundial

Os maiores jornais do mundo destacam o “DEMsalão”. Herald Tribune (Inglaterra), Le Monde (França) e El País (Espanha) lembram que o escândalo é mais um no país-sede da Copa e das Olimpíadas.

Não foi bem assim

Durval Barbosa acusou o governador José Roberto Arruda de extinguir o Instituto Candango de Solidariedade para apagar “rastros”. Mas o ICS era gazua eleitoral de aliados do rival, o ex-governador Joaquim Roriz.

Aliança inesperada

Apesar de todo o barulho, os manifestantes que invadiram a Câmara do DF acabaram se transformando em inesperados aliados de José Roberto Arruda. A presença deles deu pretexto para os governistas não comparecerem e postergar o exame dos pedidos de impeachment.

I love Arena

A revista Piauí vai revelar o que o ex-ministro Márcio Thomaz Bastos guarda a sete chaves: na ditadura, apesar da pose atual de “petista histórico”, ele foi vereador da Arena em Cruzeiro (SP), onde nasceu.

Novo embaixador

O governo britânico recebeu pedido de agrément do futuro embaixador do Brasil em Londres: Roberto Jaguaribe. Filho do sociólogo Helio Jaguaribe, é o atual Subsecretário de Assuntos Políticos do Itamaraty.

Dias de festa

Santa Padroeira das revistas será invocada em orações pelos donos das editoras, em gratidão: as edições desse fim de semana deverão esgotar nas bancas, tudo por causa do escândalo no Distrito Federal.

‘A gente não somos inútil’

De um surdo-mudo, embalando sacolas de um leitor no supermercado em Vila Velha (ES), nesta sexta, e olhando no jornal “Lula diz que as imagens não falam por si”. Irritado, respondeu sem complicar na linguagem dos sinais: “Ele agora está dizendo que sou cego!”.

Pensando bem…

…depois do escândalo com Arruda, só falta aparecer o do sal grosso.

PODER SEM PUDOR
Tucanos são diferentes

Durante a visita do então presidente Fernando Henrique à África do Sul, em 1996, Geraldo Alckmin presenteou com um tucano de prata o governador da província de Gauteng, Tókio Sexwale. Ele agradeceu e lembrou que seu amigo Walter Sisulu, um dos líderes da luta contra o apartheid, que passou 27 anos preso, gastava o tempo na janela de sua cela, observando o voo de tucanos na praia. O publicitário Roberto Duailibi, que ouvia a conversa, explicou que os tucanos brasileiros não vivem na praia, e brincou:

– Os nossos tucanos são diferentes; só ficam em cima do muro.

  •  

Deixe uma Resposta