• 06 fev 2010
  • Postado por Tiago

“Eu não sou candidato a nada”

Carlos Lupi (Trabalho), diz ficar com Lula “até dezembro”, se o presidente quiser

Pandora: ex-presidente da OAB sob escolta

A ex-presidente da OAB-DF Estefânia Viveiros, que liderou iniciativas contra os denunciados pela operação Caixa de Pandora, da polícia Federal, está sob a proteção de seguranças, em Brasília. Ela se sentiu ameaçada após circular a montagem grosseira de uma foto dela, retirada da revista da OAB, colada em uma imagem de Durval Barbosa, o delator do esquema. Ela denunciou a falsificação à polícia Federal.

Pedra no sapato

Estefânia Viveiros pediu à justiça que os deputados distritais sob suspeita fossem impedidos de investigar eles próprios.

Brasília limpa

Na presidência da OAB-DF, concluída em janeiro, Estefânia Viveiros liderou um movimento para “limpar Brasília de políticos corruptos”.

PF na cola

A PF investiga a origem da montagem fotográfica e a ligação entre seus autores com denunciados pela operação Caixa de Pandora.

Sem renúncia

Indagado sobre os boatos de sua iminência renúncia, o governador do DF, José Roberto Arruda, apenas sorriu. Ele jura inocência.

CNJ suspende exame para desembargador

O conselho Nacional de Justiça suspendeu a resolução do Tribunal de Justiça do Rio, instituindo exame de admissão ao quinto constitucional – medida inédita no judiciário, revelada na coluna, semana passada. Na liminar, a OAB questiona “prova” de “notório saber jurídico” que seria imposta a advogados e membros do Ministério Público, candidatos a desembagador, com cargo vitalício. O tribunal diz que ela é facultativa.

‘Legal e moral’

Para os desembargadores, representados pelo ex-conselheiro da OAB-RJ, João Tancredo, a medida é “legal e principalmente moral”.

Malandragem

A nova Coca-Cola Light Plus esconde uma malandragem: a latinha tem 310ml, mas custa o mesmo que a Coca-Cola Light, de 350ml.

Big Brother

Ouvido na rádio Serpentário, do Itamaraty: consulados e embaixadas poderão ter circuito interno de TV para monitorar o atendimento.

Alencar governador

O presidente nacional do PT, José Eduardo Dutra, confirmou o que esta coluna antecipou na quarta (3): o vice José Alencar pode disputar o governo de Minas. Os pré-candidatos petistas Fernando Pimentel e Patrus Ananias se recusam a apoiar um ao outro, mas fecham com ele.

Prefeitos otimistas

A disposição do PT em apoiar José Alencar para o governo de Minas incendiou a política no estado e devolveu ânimos aos prefeitos petistas, que já fazem romaria ao gabinete do vice-presidente.

Barbas de molho

O presidente nacional da OAB, Ophir Cavalcante, acha que pode haver elementos para o Superior Tribunal de Justiça decretar até mesmo a prisão do governador do DF, por atentar contra a instrução processual.

‘OAB não é MP’

Criminalistas respeitados, como Celso Lemos, de Brasília, receberam com reservas iniciativas do presidente da OAB, Ophir Cavalcante. “Não se pode acusar pessoas sem o devido processo legal”, adverte Lemos, achando Ophir mais vocacionado para chefiar o Ministério Público.

Pobre orgulhoso

O vice-presidente boliviano Álvaro García reagiu contra Lula dizer que a venda gás natural era “solidariedade com a pobre Bolívia”. Lembrou que “contrato se cumpre”. E quem paga mais somos nós, por supuesto.

Sempre compensa

Se em algum século, político ou VIP for preso no Brasil, não passará vicissitudes: seus filhos e mulher terão direito ao auxílio-reclusão de R$ 752 vitalícios. Tem aposentado preferindo morar na cadeia…

  •  

Deixe uma Resposta