• 29 maio 2009
  • Postado por Tiago

“Estou com o presidente Lula, que não cogita haver 3º mandato”

Presidente da Câmara, Michel Temer (PMDB-SP), que é contrario à PEC do 3º mandato

Prefeito pedófilo chama seu barco de ‘Putanic’

A CPI da Pedofilia do Senado vai ao Amapá investigar e interrogar o prefeito de Laranjal do Jarí, Barbudo Sarraf (PR), que é acusado de abusar sexualmente de crianças. Segundo o presidente da CPI, senador Magno Malta (PR-ES), Sarraf utilizaria nessa prática um barco de sua propriedade que batizou de “Putanic”. Ex-garimpeiro exibicionista, Sarraf anda sempre coberto de dezenas de correntes e pulseiras de ouro.

Olha o nível

Barbudo Sarraf assumiu a prefeitura após a titular, Euricélia Cardoso (PP), ser cassada pelo TRE-AP por abuso de poder econômico.

Depoimento

O senador Magno Malta vai convocar o DJ Malboro para depor na CPI da pedofilia do Senado. Ele é suspeito de abusar de uma menina de 4 anos.

Lucifer

No Pará, o ex-deputado Luiz Sefer, acusado de pedofilia, vem sendo chamado nas ruas de “Lucifer”, vocábulo que lembra seu próprio nome.

Registro picareta de contratos continua no DF

O poderoso lobby dos cartórios não desistiu: adquirentes de veículos continuam sendo coagidos pelo Detran-DF e de outros estados a pagar pelo registro ilegal dos contratos de financiamento, apesar da proibição da lei 11.882, sancionada por Lula em dezembro. O Tribunal de Contas do DF, há um mês, anulou convênio com um “instituto de registro” ligado aos cartórios, mas os lobistas resolveram enganar também o TC-DF.

Importante é faturar

O Detran-DF contratará “emergencialmente”, sem licitação, a empresa Planet Business, ligada aos cartórios, para continuar a cobrança proibida.

Acabou no Irajá

Após notável trajetória, o senador Inácio Arruda (PCdoB) virou coveiro de CPI. Primeiro tentou aniquilar a das ONGs; agora, será a da Petrobras.

Cara-de-pau

Espantoso não foi Jackson Barreto (PMDB-SE) protocolar o projeto de emenda que estabelece o terceiro mandato. Espantosa foi a expressão de orgulho do deputado participando dessa tentativa de golpe.

Tá feia a coisa

Pelas 22h de quarta (27), o ministro Guido Mantega (Fazenda) mandou o motorista parar o carro oficial em uma farmácia próxima à Península dos Ministros, onde mora. Ele próprio comprou uma penca de remédios. Ou o ministro é hipocondríaco ou a crise está dando muita dor de cabeça.

Inocêncio X, a missão

Recusando candidatura a cargo majoritário, Inocêncio Oliveira (PR-PE) vai lutar pelo décimo mandato de deputado federal. Sua meta é conquistar 200 mil votos e se cacifar para presidir a Câmara na próxima legislatura.

Melhor assim

Quando soube da derrota para a Corte de Apelações da Organização Mundial do Comércio, a ministra Ellen Gracie jantou com o namorado, jornalista Roberto D’Ávila, no “Alice”, em Brasília. Não pareciam infelizes.

Só podia dar nisso

Nepotismo e corrupção podem andar de mãos dadas no Tocantins: o pai do governador Marcelo Miranda (PMDB), José Edmar Brito Miranda, secretário de infraestrutura, é acusado de comandar desvio de verbas.

Corrida para baixo

Após o Banco do Brasil anunciar a queda de 1,31% para 1,22% ao mês nas taxas para financiamento de automóveis, o Bradesco dilatou o prazo de 72 para 80 meses e também reduziu o juro de 1,52% para 1,20%.

A lei do mercado

Enquanto o governo não decide se taxa ou não a poupança, o mercado se antecipa e faz a opção pelo mercado acionário. O investimento estrangeiro em ações, este ano, já está na casa dos US$ 2,3 bilhões.

Nossa grana

O Ministério das Cidades fechou contrato de quase R$ 14,6 milhões para alugar computadores e servidores para a sede do órgão.

PODER SEM PUDOR

Telefone tem ouvidos

Quando articulava a disputa no Colégio Eleitoral, em 1984, Tancredo Neves pediu ao hoje senador tucano Arthur Virgílio para marcar um encontro com o general Euler Bentes Monteiro. Missão cumprida, Arthur telefonou para acertar data e local. Não conseguiu. Tentava falar, mas Tancredo interrompia, pedindo para que ele fosse ao seu encontro. A explicação do líder mineiro só foi dada pessoalmente, e continua válida até hoje:

– Meu filho, telefone é só para coisas sem importância ou então para marcar encontro em lugar errado, para despistar…____

Com Teresa Barros e Tiago de Vasconcelos

  •  

Deixe uma Resposta