• 30 maio 2009
  • Postado por Tiago

“Todo mundo sabe que nós vamos ganhar as eleições de 2010”

Presidente Lula, ao “não falar” sobre a campanha, durante inauguração de obras do PAC

TCU cria ‘Serasa’ de gestores públicos

O presidente do Tribunal de Contas da União, Ubiratan Aguiar, acredita que até o final do ano estará concluído o Cadastro Geral dos Gestores, uma espécie de Serasa do presidente da República, ministros, prefeitos e governadores. Quem estiver na lista suja automaticamente será alijado das disputas eleitorais do próximo ano, pois o Tribunal Superior Eleitoral também terá acesso ao cadastro nacional dos pilantras.

Abastecimento

O TCU fez parcerias com todos os Tribunais nos Estados e Municípios para que enviem a relação completa dos administradores condenados.

Sem papel

Outra medida anunciada pelo TCU é banir, até o dia 30 de junho de 2010, todo papel nos processos. Tudo será feito eletronicamente.

Pressa de Dilma

A transposição do Rio São Francisco tem prioridade para Lula. Ele quer inaugurá-las para fortalecer a ministra Dilma Rousseff no Nordeste.

Simpatia é quase amor

Amigos, amigos, política à parte: Lula passou a ver com grande simpatia a candidatura do ministro Geddel Vieira Lima ao governo da Bahia.

CPI agora é só alegria para Gabrielli

A pizza anunciada na CPI da Petrobras aliviou o presidente da empresa, Sérgio Gabrielli. Quinta (28), ele embarcou às 7h20, em Brasília para o Rio de Janeiro com um ar feliz. Durante o vôo da TAM, leu atentamente notícias da CPI em um jornal do Rio, que ele costuma chamar de “mentiroso”, conversou e riu com um amigo todo o tempo. Ao chegar no Santos Dumont, o bom humor era visível. CPI também é alegria.

Vou de bike

Em tempos de arapongas hightech, a Agência Brasileira de Inteligência adquiriu bicicleta de “selim consistente a bagageiro super-resistente”.

Investigação

A Câmara de Fortaleza tenta instalar CPI para investigar o pagamento de R$ 220 milhões à companhia energética francesa Citèluz.

Usina do mal

O senador Alvaro Dias (PSDB-PR) chama de “usina do mal” a fonte das “maledicências” divulgadas contra ele. O principal suspeito está no cargo.

Achado paraibano

Correição de Brasília no Tribunal de Justiça da Paraíba, esta semana, deparou-se com a nomeação da mulher de um ministro de tribunal superior para um cargo de confiança no governo do Estado.

Subiu no telhado

O ministro Carlos Holofotes Minc (Meio Ambiente) vem cavando a própria sepultura no governo. Após fazer apologia ao uso de drogas, na Marcha da Maconha, comprou briga com o agrobusiness, que banca a economia.

Presidência Temer

O presidente da Câmara, deputado Michel Temer (PMDB-SP), assume amanhã a Presidência da República, com a viagem de Lula a El Salvador e a licença de José Alencar, em tratamento nos Estados Unidos.

BC vai às compras

O Banco Central voltou ao mercado comprando dólares. O ministro Guido Mantega (Fazenda) diz que é para recompor as reservas, hoje em US$ 205,04 bilhões. Na verdade, cede à pressão dos exportadores, que não acompanham a concorrência externa com o real nas alturas.

Besteirol

O deputado Jair Bolsonaro (PP-RJ) agiu muito mal, ridicularizando a busca pelos mortos no Araguaia, mas o secretário de Direitos Humanos, Paulo Vanucci fez pior: despreparado, acusou o deputado de “torturador”. Bolsonaro tinha nove anos em 1964 e 17 na época da guerrilha do Araguaia.

Economia na farmácia

Os genéricos já representam 18% do mercado farmacêutico, garantindo ao brasileiro uma economia de R$ 10,9 bilhões por ano. Nos Estados Unidos e na Alemanha, os genéricos representam um terço do consumo.

Bola de cristal

Até hoje, o deputado Arnaldo Jardim (PPS-SP) é cumprimentado por colegas da Câmara porque, em artigo seis meses antes da crise da “marolinha”, previu o que ia acontecer. Previu até o tamanho da marola.

PODER SEM PUDOR

O protesto dos fiéis

Na pregação de missa das 19h de domingo, em Brasília, à época do mensalão, o pároco da igreja de São Camilo de Lélis, protetor dos doentes, fez a sua tietagem:

– Que Deus abençoe o presidente Lula e seus ministros!

Uma mulher fez a ressalva, na bucha, em voz alta:

– O Zé Dirceu, não!

Os fiéis caíram na gargalhada.

  •  

Deixe uma Resposta