• 09 jun 2009
  • Postado por Tiago

“Vamos obstruir todos os projetos e impedir votação dos créditos”

Deputado Otávio Leite (PSDB-RJ), sobre a reação da oposição em razão das CPIs

Boeing da Varig foi abatido por caças russos

O cargueiro 707-323 da Varig, que desapareceu em 30 de janeiro de 1979, quando sobrevoava o Pacífico entre Tóquio e Los Angeles, foi abatido por caças soviéticos. A revelação foi feita a esta coluna por um ex-agente de inteligência brasileiro que ouviu o relato de um ex-agente da KGB que participou da operação. Domingo, o “Fantástico”, da Globo, mostrou que familiares dos seis tripulantes há 30 anos aguardam respostas.

Carga secreta

Os russos atacaram porque a Varig estaria transportando aos EUA, em segredo, partes de caça Mig 25 levado a Tóquio por um piloto desertor.

Língua nos dentes

Cooptado pelo serviço secreto inglês, o ex-agente da KGB soviético veio ao Brasil em 1982 e contou tudo a agentes que fizeram sua segurança.

Ultrassecreto

O governo brasileiro jamais revelou às famílias dos tripulantes a decisão de colaborar com a CIA, levando pela Varig partes do Mig 25 aos EUA.

Outras vítimas

O Brasil perdeu também 153 telas do artista Manabu Mabe, que eram trazidas de volta no cargueiro da Varig após uma exposição em Tóquio.

Justiça pega na mentira órgão penitenciário

A Justiça Federal de Brasília suspendeu a compra, pelo Departamento Penitenciário Nacional (Depen), do Ministério da Justiça, de aparelhos Body Scan (escaneador de corpo para presídios federais). O Depen garantiu que a fornecedora escolhida era a única que tinha o equipamento no mundo inteiro, para justificar a compra sem licitação. Mas a Justiça Federal descobriu mais de duas dezenas de concorrentes.

Custo total

Os seis aparelhos custaram mais de R$ 3 milhões, adquiridos à empresa Smiths Heimann por meio da brasileira Ebco Systems Ltda.

Das duas, uma

A situação no Departamento Penitenciário Nacional está preta porque ninguém responde à pergunta: errou porque quis ou foi induzido a erro?

Saúde abalada

Continua o inferno astral do deputado Edmar Moreira, o dono do castelo de Minas Gerais: ele enfrenta sérios problemas de saúde.

Arma roubada

Roubaram um revólver calibre 38 de um segurança da Presidência da República, enquanto ele trabalhava (ou dormia, sabe-se lá). O Gabinete de Segurança Institucional confirmou a esta coluna o sumiço – constatado durante a passagem de serviço – e abriu inquérito.

Petróleo era nosso

O presidente Lula contou ao governador do Rio, Sérgio Cabral, um dos seus segredos mais bem guardados: a intenção de mudar a Lei do Petróleo, que é um dos legados de FHC. Informado disso, o ex-ministro Eduardo Jorge, secretário-geral do PSDB, avisa: “Vou ficar de olho”.

Droga de ministro

O ministro Carlos Minc (Meio Ambiente) terá de comparecer nesta terça à Comissão de Combate ao Crime Organizado, na Câmara, para explicar sua participação há um mês na marcha de apologia ao uso de maconha.

Coincidência

Filho perdulário da ministra Dilma Rousseff (Casa Civil), candidata do PT à sucessão de Lula em 2010, o PAC vai gastar 20% a mais no ano que vem. Claro, é justamente o ano da sua pretendida eleição.

Vai dar rolo

O presidente Lula está a um passo de pedir aos petistas Jaques Wagner, na Bahia, e Fernando Pimentel, em Minas Gerais, para desistirem de suas candidaturas ao governo e apoiar os candidatos do PMDB.

Cargo novo

O cunhado do presidente do Supremo Tribunal Federal, ministro Gilmar Mendes, o empresário Francisco Feitosa assumiu a presidência regional do Democratas no Ceará.

Perdeu a paciência

O governador de São Paulo, José Serra (PSDB), está irritado com a ideia do governo Lula de lançar o deputado Ciro Gomes (PSB-CE) ao governo paulista. Para Serra, o Planalto quer forçá-lo a permanecer na disputa estadual e inviabilizar sua candidatura à Presidência, em 2010.

Esforço

Por determinação do Palácio do Planalto, o Dnocs ingressou com 997 ações na Justiça Federal para agilizar a desapropriação de terrenos e apressar as obras de transposição do Rio São Francisco. Lula quer inaugurar ainda como presidente a maior obra do País.

Nossa grana

Nos próximos 12 meses, a Agência Brasileira de Inteligência vai gastar R$ 755 mil em cópias, impressões e digitalizações.

PODER SEM PUDOR

Expurgos petistas

Observando a lavagem de roupa suja do PT, no Senado, em 2003, o líder do PSDB, Arthur Virgílio, concluiu que o “neo-stalinismo” petista é mesmo inspirado nos expurgos soviéticos. Ele comparou, por exemplo, a senadora Heloísa Helena a Leon Trotsky e o deputado Babá a Kamenev, e alfinetou:

– Só espero que o presidente não vire um Aleksandr Kerenski.

Apeado do poder, Kerenski acabou exilado, quem diria, em Nova York.

  •  

Deixe uma Resposta