• Postado por Tiago

www.claudiohumberto.com.br – claudiohumberto@odianet.com.br

“Não. Acho que não seria mesmo”

Presidente Lula, ao responder se achava que José Serra seria “um bom treinador”

Senado trabalha até no Natal. Nos EUA

Sem dormir há dias, sem finais de semana e comendo biscoitos e sanduíches, senadores e funcionários apressam a votação histórica da reforma da saúde proposta pelo presidente dos Estados Unidos, Barack Obama. É “O projeto de lei que roubou o Natal”, noticiou ontem o jornal Washington Post. Pior: podem passar o feriado na capital americana. No Brasil, Natal roubado é outra coisa.

Pisou na bola

A carta da avó ao presidente Lula, reivindicando o “direito” de substituir a figura paterna na vida de Sean Goldman, considera pai um ser inútil.

Caso pensado

O ministro Gilmar Mendes, presidente do STF, levou mais de 24 horas redigindo sua decisão sobre o destino de Sean Goldman.

Só se mentir

Para manter o terrorista Cesare Battisti no país, Lula só tem uma saída: acusar a Itália de ser uma “ditadura” que vai “perseguir” o bandido.

Mania de perfeição

Primeiro, foi a Previdência, agora são as leis que tornam o país “quase perfeito”, diz Lula. Ainda caminharemos sobre as águas desse Nirvana.

Até o CNJ contrata mão-de-obra terceirizada

Até o Conselho Nacional de Justiça, que deveria dar exemplo, fez um pregão para contratar mão-de-obra terceirizada. E o pior é que se utilizou de um subterfúgio: em vez de empresa de mão-de-obra, restringiu a disputa no pregão a “empresas especializadas na área de Comunicação”. Na verdade, o CNJ recruta profissionais de jornalismo sem concurso público. Ou teria feito licitação por técnica e preço.

Chama a síndica

Um leitor achou, com certa propriedade, que com o novo corte de cabelo a ministra Dilma lembra o falecido Tim Maia. “Vale tuuudo”…

Homem de sorte

Ninguém perdoa no Twitter: Berlusconi sobreviveu ao objeto jogado nele. Lula morreria se atirassem um livro. Por falta de anticorpos.

Imagine no poder…

Uma central de pistoleiros virtuais foi criada para insultar quem ousa divulgar notícias desfavoráveis ao governador José Serra (PSDB).

Pandora 2

O ex-secretário de Educação do DF Gibrail Gebrim e sua esposa Evelyne, alvos do mandando de busca e apreensão da Operação Caixa de Pandora são conhecidos por suas ligações a Fábio Simão, ex-chefe de gabinete do governador José Roberto Arruda (sem partido).

Liberou geral

A Câmara dos Deputados autorizou os servidores a antecipar a assinatura do ponto até ontem, 22. Quem só aparecia uma vez por dia para “bater” na Viúva, agora nem isso. Como a coitada apanha…

Festa para Íris

Em dia de votação do Orçamento, líderes do PMDB, como o deputado Michel Temer (SP) e o senador Renan Calheiros (AL), foram a Goiânia ontem para o almoço de aniversário do prefeito local, Iris Rezende.

Chorava todo mundo…

Ontem foi o dia mundial do choro público para a ministra Dilma, o vice José Alencar, e até Lula, que ficou preso um mês na ditadura sem que lhe tocassem num dedo. Os eleitores ainda não choraram. Por ora.

Bola dividida

Aprendiz de futebol do presidente, a ministra Dilma “pirou” duas vezes, no Rio: Adriano não nasceu no Complexo de favelas do Alemão, mas na Vila Cruzeiro. E vivos nomeando obras do governo? Sei não…

Ideli, a pombinha

Recém-casada com o sargento Jeferson Figueiredo, a senadora petista Ideli Salvatti curte a lua-de-mel em Roma – amor, ao contrário. O ex-marido Euclides Mescolotto, presidente da Eletrosul, foi ao casamento.

Balança, mas não cai

A Petrobras admitiu a necessidade de 80 novos geofísicos e geólogos todo ano, mas abriu concurso só para 28 geólogos. Geofísicos são fundamentais na previsão de impacto ambiental e abalos sísmicos.

Seleção pronta

O Comitê Executivo do Cinquentenário de Brasília divulgou os projetos selecionados para compor a programação. Músicos locais se sentem preteridos na escolha e se queixam de falta de diálogo com o governo.

Pensando bem…

…olho vivo no que Papai Noel colocar na sua meia, leitor. Feliz Natal!

PODER SEM PUDOR

Especialista em cadeia

O jornalista Pedro Rogério Moreira, diretor da área de marketing do Senado, foi incumbido de criar a medalha dos 180 anos do Poder Legislativo. Decidiu que uma face mostraria o atual do Congresso e a outra, a sede da Constituinte de 1823, prédio do Rio conhecido como “Cadeia Velha”. Pedro mostrou o desenho ao senador Romeu Tuma, então no PFL-SP, crente que ia fazer o maior sucesso. Mas o veterano delegado de polícia cortou-lhe o barato:

– Meu filho, assunto de cadeia eu conheço. É melhor cortar da legenda essa “Cadeia Velha”, se não o povo vai dizer: “eles não deveriam ter saído de lá!”

  •  

Deixe uma Resposta