• Postado por Tiago

Se você mora em Navegantes, precisa fazer um curso de detetive pra saber quando acontecem as sessões extraordinárias da Câmara de Vereadores. Por exemplo, na manhã de hoje, a partir das 8h, os vereadores dengo-dengosos estarão reunidos para discutir pelo menos três projetos de lei enviados pelo poder executivo.

O mais polêmico deve ser o projeto que cria o plano de cargos e salários dos professores das escolas navegantinas, e que já havia sido colocado em pauta na última sessão extraordinária do ano passado, em dezembro. Outros dois projetos ligados ao salários dos funcionários públicos também devem ir à pauta.

Segundo o vereador Marquinhos (PT), a sessão era secreta até para os vereadores. “Eu só fui avisado desta sessão na tarde de ontem (terça-feira), nem sabia que haveria uma extraordinária em janeiro”, contou.

O petista disse ainda que marcar sessões de uma hora para outra é uma prática comum pelo presidente da Câmara, mesmo sendo contra o regimento interno da casa. “O Cidinho (PMDB) sempre fez isso, sempre foi conivente com esta prática, mesmo que o regimento interno diga que estas sessões tenham que ser marcadas com sete dias de antecedência”, lascou o vermelhinho.

Já a vereadora Norminha (PR) não faz ideia do que será discutido na sessão, mas desmente Marquinhos e conta que a sessão está marcada desde dezembro do ano passado, e que na segunda-feira apenas foi confirmada. “Provavelmente devemos votar projetos que ficaram pendentes”, disse.

O DIARINHO tentou entrar em contato com assessoria jurídica, a assessoria de imprensa e com o presidente da Câmara, João do Posto (PSDB), mas o povo esqueceu de carregar o telefone celular, e não atendeu as ligações.

  •  

Deixe uma Resposta