• Postado por Tiago

INTERNA_17_base---quiosque-irregular-praia-dos-amores_leitor-(3)

Dura nte o dia, a dona deixa tralha na beira da praia

Logo no começo da avenida José Medeiros Vieira, na praia dos Amores, entre Itajaí e Balneário Camboriú, é possível ver um amontoado de madeiras, cadeiras e lonas. O lugar, na verdade, é um quiosque que funciona irregularmente. A denúncia é do comerciante Régis Alan Biela, 29 anos, proprietário de outro quiosque, o Bamboo Bar, também na avenida da praia. O próprio Régis avisou a irregularidade para a prefa, que até agora, diz ele, não fiscalizou o lugar.

Régis, que anteontem foi denunciado por uma leitora por manter uma barraca de lona sobre a areia e a área de restinga da praia, argumenta que é uma injustiça os demais comerciantes pagarem alvará para trampar, enquanto a quiosqueira monta sua barraquinha sem custo nenhum. ?Ainda mais nessa temporada, que o movimento foi 70% inferior ao da temporada passada?, sincabrera.

O dono do quiosque Bamboo diz que sua concorrente abre somente à noite. A bronca dele é ainda maior porque todo dia a mulher deixa as tralhas da barraca em plena avenida, para quando chegar no dia seguinte, não ter trabalho algum.

A folgação da dona do quiosque é tanta, que ela ainda usou a cerca que separa a avenida da praia como suporte para erguer sua estrutura.

Além do quiosque supostamente ilegal, a mulher ainda abriu uma carrocinha de cachorro quente em frente a um prediozinho que fica por ali. O carrinho do hot-dog também não teria autorização da prefa pra funcionar.

Secretário não sabe se quiosqueira tem alvará

Paulo Praun, secratário de Urbanismo da prefa de Itajaí, conhece o caso denunciado por Régis. Diz que, nas antigas, a mulher tinha alvará de funcionamento. O problema denunciado pela vizinhança da praia dos Amores era a barulheira causada pelos clientes dela, que ficavam na zoeira até altas horas.

O secretário não soube dizer se atualmente a proprietária do quiosque denunciado tem alvará ou não.

  •  

Deixe uma Resposta