• Postado por Tiago

INTERNA_13_abre-direita_lixeira-piçarras_leitor

A lixeira ficava na restinga, que é área de preservação

Ontem pela manhã, a prefeitura de Piçarras simplesmente retirou a lixeira do comerciante Juliano Rocha Perentel, 33 anos, e a jogou no mato. A lanchonete de Juliano fica na avenida da praia e a administração municipal proíbe lixeiras na orla. Juliano tá cocudo porque é o único lugar que tem para depositar o lixo que produz com a lanchonete Coquitel Praiano. Além disso, reclama que nem ao menos foi notificado pela prefa.

Por falta de locais específicos para depositar o lixo, os moradores daquela região da avenida da praia colocam a sujeirada do outro lado da quadra, bem na movimentada avenida Nereu Ramos. Foi por isso que Juliano construiu a lixeira. Lembra que há dois anos e meio, quando abriu a lanchonete, foi na secretaria de obras e bocalmente teve a licença para colocar a lixeira entre o calçadão da praia e a vegetação. O comerciante comprou uma lixeira de metal e usa até um saco mais grosso, que é pra proteger melhor o lixo e não criar mau cheiro. Ele diz que também separa o lixo reciclável do orgânico.

Pro comerciante é uma falta de respeito a prefa retirar sua lixeira sem ao menos notificá-lo. ?Deveria pelo menos ter um ofício para a gente achar um meio de regularizar?, sinfeza o leitor.

Ontem, Juliano ligou para a Recicle, empresa que recolhe o lixo na cidade. O pessoal da Recicle teria tirado da reta e disse que não tinha nada a ver com a treta. Ele também falou com o pessoal da secretaria de obras, que foi quem retirou a lixeira e jogou no mato. Foi informado que a ordem veio da secretaria de Saúde. Na saúde, o leitor também ligou e ninguém sabia de nada. Agora o dono da lanchonete tá tendo que armazenar a lixarada toda dentro do estabelecimento.

Prefa não precisar notificar

Rubens Batista Pereira, secretário de obras de Piçarras, afirma que o lugar é impróprio para se colocar uma lixeira, pois é área de restinga. Além disso, argumenta o secretário, o lixo de lanchonetes deve ser mantido em lixeiras especiais, com azulejos , para que sejam lavados e não criem ratos e insetos. O secretário garante ainda que a prefeitura não precisa notificar a retirada de algo irregular. Rubens aconselha Juliano a guardar o lixo dentro do estabelecimento e levá-lo pra fora quando o caminhão da Recicle passar.

  •  

Deixe uma Resposta