• Postado por Tiago

GERAL-8-ABRE-g---revitalizacao-centro---avenida-paulo-fontes-cruzamento-pedestres-foto-rubens-flores-14out09-(1)

Circulam na região 250 mil pessoas por dia contra 15 mil carangos

O projeto que fecha o trânsito de carangos nas imediações do mercado público da capital, que começa a ser colocado em prática hoje, deixa os comerciantes da região cabreiros antes mesmo de sair do papel. A meta da prefa é humanizar o entorno da avenida Paulo Fontes e dar prioridade aos mais de 250 mil pedestres que zanzam naquela região diariamente por conta do terminal de integração dos busos.

De acordo com Marcelo Jacques, que tem uma peixaria no mercado público, os comerciantes não foram chamados pra conversar sobre o projeto. ?Vamos buscar junto à prefeitura uma conciliação sobre o assunto. Os comerciantes do Mercado não têm frigorífico grande e a todo o momento temos que abastecer os comércios. Como é que vai ser? Vamos andar com as bandejas escorrendo água de peixe pelo meio da rua??, questiona.

Nos fundos do mercado há espaço pra carga e descarga. Com o bloqueio da avenida Paulo Fontes, não será mais possível os comerciantes abastecerem os comércios. ?O que queremos é continuar usando este espaço pra poder continuar atendendo bem os nossos clientes?, acrescenta.

Representantes de comerciantes da região central de Floripa foram bater um lero com o prefeito em exercício, João Batista Nunes (PRB), ontem à noite. Crente de que o que tá fazendo é o certo, JB diz que a prefa jamais faria um projeto pra ferrar com alguém. ?O que queremos é priorizar o transporte coletivo e beneficiar as 250 mil pessoas que passam por aquele local diariamente. Ali passam 15 mil veículos por dia. Deste total, 80% passam com uma única pessoa?, diz o vice-prefeito

O projeto

O primeiro bloqueio da avenida Paulo Fontes rola hoje a partir das 14h, no sentido centro-avenida Beira-Mar. Na semana que vem, será feito o teste de fechamento da pista no sentido contrário. Com isso, a prefa acredita que os motoras irão começar a se acostumar com as novas rotas de tráfego ou, quem sabe, comecem a optar por usar o transporte coletivo da cidade pra ir dum canto ao outro. ?Todas as alterações acontecerão até 31 de outubro. Até lá, se tudo acontecer como foi planejado, teremos um fechamento definitivo da Paulo Fontes e poderemos iniciar a nova etapa que é a revitalização daquela região, com a criação de um boulevard. A área será atrativa não só pra quem passa por ali todos os dias mas também para os turistas que procuram aquela região da cidade?, diz Átila Rocha, presidente do instituto de Planejamento Urbano (Ipuf), responsável pelo novo projeto do centro da capital.

  •  

Deixe uma Resposta