• Postado por Tiago

INTERNA-10-abre--edson-periquito-(9)

Prefeito diz que tá fazendo o que pode e que protesto vai atrapalhar

Comerciantes de Balneário Camboriú bateram o pé e não atenderam ao apelo do prefeito Edson Periquito pra que não rolasse o panelaço por mais segurança no centro da city hoje de manhã. A galera alega que a treta é com o governo do estado e promete sair em coro com ou sem o consentimento do chefão da Maravilha do Atlântico.

Depois da reunião dos representantes dos comerciantes e taxistas na terça-feira, quando ficou decidida a realização do berreiro pela cidade, o prefeito-ave emitiu uma nota e pediu que os manifestantes não fizessem o berreiro. Periquito alegou que a manifestação mancharia a imagem de Balneário e poderia afastar os turistas. O prefeito afirmou ainda que o município tem feito o que pode pra combater a bandidagem.

Apesar do apelo, os comerciantes alegam que não irão atender ao prefeito, pois a bronca não seria com o município e sim com o governo da Santa & Bela. ?Queremos uma posição do governo estadual. O responsável por essa insegurança não é só a prefeitura, mas sim o governo estadual que está prometendo presídios há anos. E tem uma série de ações que precisamos ter implantadas em Balneário que não são realizadas?, lascou o secretário executivo da câmara de dirigentes lojistas (CDL), Hélder Couto Vieira. O secretário ainda afirma que a CDL não recebeu nenhum comunicado oficial do prefeito. Ficaram sabendo da solicitação só pela imprensa.

O panelaço está marcado pra rolar a partir das 10h de hoje. A concentração será na praça Almirante Tamandaré e a passeata passará pelas avenidas Atlântica, Alvin Bauer, da Lagoa, Brasil até a rua 1400, e voltará pela beira-mar. Os manifestantes pedirão aos comerciantes que fechem as portas em protesto aos assaltos e ao aumento no número de assassinatos, que cresceu 42% em comparação ao ano passado.

Desde a semana passada entidades representativas do povão têm pedido providências aos mandachuvas da segurança com relação ao grande número de ataques da bandidagem. Depois de muito blablablá, com participação do secretário de segurança do governo, Ronaldo Benedet, foram implantadas as barreiras móveis com policiamento ostensivo pelas principais vias.

A city recebeu um reforço de 78 policiais, entre militares e civis, sendo alguns até do departamento especial de investigações criminais (Deic). Em audiência na câmara de vereadores, os chefões prometeram terminar o presídio da Canhanduba até o início do ano que vem.

O prefeito pretende ainda criar o mais rápido possível uma guarda municipal pra reforçar o trampo e promete enviar um projeto pra câmara de vereadores na próxima semana.

  •  

Deixe uma Resposta