• Postado por Tiago

INTERNA_abre_idoso-correndo-2_internet

Agora, os aposentados vão precisar correr menos atrás do prejuízo

A peleia do senador gaúcho Paulo Paim (PT) para que as aposentadorias e pensões sejam reajustadas pelo salário mínimo começa a dar resultados positivos. A comissão de seguridade social e família da câmara dos deputados aprovou o projeto enviado pelo senado para a recomposição dos benefícios da Previdência Social com base no número de salários mínimos recebidos na época da concessão da aposentadoria.

Se você é daqueles pessimistas que vive dizendo ?isso aí não vai dar em nada?, melhor rever seus conceitos. O projeto do petista Paulo Paim já foi aprovado no senado. Por isso, foi encaminhado à câmara dos deputados.

Na proposta, está prevista uma regra de transição de cinco anos, até que a proporção entre a aposentadoria e o valor mínimo seja totalmente recuperada. A idéia do senador gaúcho é acabar com o achatamento das aposentadorias. Atualmente, 7,5 milhões de aposentadorias tem valor acima do salário mínimo.

Pelas regras atuais, o valor das pensões não segue o aumento do salário mínimo. Pior do que isso: ele é sempre menor que o reajuste dos salário. Daí, quem se aposenta com quatro, cinco, seis ou mais salários mínimos, vê sua pensão ir diminuindo com o passar do tempo.

Pra fugir da armadilha da constituição federal, que proíbe qualquer indexação ao salário mínimo, o projeto de Paim cria o índice de correção previdenciária (ICP). Esse índice é a relação do valor da aposentadoria, na data da sua concessão, com o menor salário de benefício pago pela Previdência Social. Como o menor benefício sempre é o salário mínimo, as aposentadorias passariam a ser, por conseqüências, reajustadas toda vez que o governo determinar um aumento salarial.

  •  

Uma Resposta to “Comissão da câmara aprova reajuste da aposentadoria pelo mínimo”

  1. venicius Diz:

    Soh falta fazer o mesmo com os salarios dos deputados e senadores!

Deixe uma Resposta