• Postado por Tiago

INTERNA-----_abre_juventude-3-_ABr-José-Cruz

Se a rapaziada não correr, fica na rua da amargura

Estudo da Organização Internacional do Trabalho (OIT), divulgado esta semana, indica que 67,5% dos jovens brasileiros, com idade entre 15 e 24 anos, amargam o desemprego ou tem algum trampo informal. O resultado preocupa os sabichões da OIT, já que a crise econômica internacional pode agravar ainda mais a situação dos jovens, que têm mais dificuldade de conseguir emprego que um adulto.

?Há uma espécie de círculo vicioso: o jovem não entra no mercado porque não tem experiência, mas para ter experiência ele precisa estar dentro do mercado?, constata Laís Abramo, chefona do escritório da organização no Brasil.

Estudar é o caminho

Fernando Pegorini, diretor de assuntos da juventude da secretaria da Criança, do Adolescente e da Juventude da prefeitura de Itajaí, sugere à rapaziada nova que invista na qualificação. ?Como será o primeiro emprego, sempre estará competindo com pessoas que tenham experiência, portanto deve se preparar curricularmente?, diz.

Além de cursos pra engrossar o currículo e adquirir habilidades, Fernando ressalta que a postura do jovem na hora da entrevista conta bastante para garantir a contração em um novo trampo. Para isso, a dica é ir bem vestido nas entrevistas e ler muito para estar atualizado.

Barriguinha de fora, nem pensar

A psicóloga organizacional Taísa da Silva Cassol também aposta no bom desempenho durante as entrevistas como caminho para o jovem conseguir um emprego.

?A primeira coisa é tomar muito cuidado com a roupa, pois muitas vezes a pessoa vem vestida de maneira inadequada para o ambiente de trabalho?, alerta. Minisaias, camisetas sem manga, barriguinhas de fora é o que a psicóloga considera maneira inadequada de se vestir na hora de procurar um trampo.

O currículo, diz Taísa, é outro ponto importante. ?Não encha lingüiça. Coloque objetivamente os cursos que fez, sua escolaridade e seus dados pessoais?, ensina. E completa: ?Sempre seja sincero. Não adianta mentir que sabe alguma coisa que realmente não sabe, porque a gente percebe ou na hora da entrevista ou durante o período de experiência?.

Relaxar antes da entrevista é fundamental. ?O ideal é fazer algo que o deixe calmo, que o distraia, antes de ir para a entrevista de emprego?, diz a psicóloca. ?Respirar fundo minutos antes de conversar com o representante da empresa e sempre manter pensamentos bons ajudam muito?, sugere.

Estágios e balcão de emprego

Estágio Responsável ? rua Henrique Vigarani, 163, Barra do Rio, Itajaí, no prédio do Senai

Centro de Integração Escola Empresa ? rua 13 de Maio, centro

Secretaria Municipal do Trabalho, Emprego e Renda – Rua Tijucas, 511, centro

Secretaria Municipal da Criança, do Adolescente e da Juventude – rua Alfredo Tompowiski, 601, Vila Operária

  •  

Deixe uma Resposta