• Postado por Tiago

As sacolinhas plásticas estão com os dias contados em Itapema. Uma lei aprovada pela câmara determina a proibição de sacos plásticos em empresas privadas do município. Todas as empresas terão que substituir as sacolas por bolsas ecológicas. A lei passou a valer semana passada, mas já divide opiniões. Tem comerciante injuriado, preocupado com um possível preju.

Os empresários terão dois anos pra fazer a substituição definitiva das sacolas. Os sacos de plástico terão que ser extintos dos comércios e substituídos por sacolas que sejam retornáveis ou biodegradáveis As sacolinhas plásticas levam em média 100 anos pra se decomporem e detonam a natureza.

A lei ecologicamente correta prevê que metade dos comércios tenham se adaptado dentro de um ano. “Será de forma gradativa pra que as pessoas possam gastar todo o estoque”, explica o vereador autor da lei, Giliard Reis (PMDB), o Nino.

Os teimosos que baterem o pé e insistirem em não fazer a troca tomarão uma advertência no lombo, poderão ter que pagar multa, de valor ainda não definido, ter o estabelecimento interditado ou até o alvará cassado. O trampo de fiscalização será feito pelos peões da prefa.

Do contra

Tem comerciante que tá com um pé atrás com a imposição. A lojista Ana Maria Prazeres, que tem uma loja de roupas no centro, já fez as contas e descobriu que terá que desembolsar 10% a mais do que o normal pra comprar as sacolinhas ecologicamente corretas. “Pra quem tem comércio grande não é nada, mas pra mim faz diferença no caixa do mês”, lascou.

O presidente do sindicato patronal do comércio, Vilmar Medeiros, admitiu que tá por fora do assunto, mas prometeu sinformar sobre as novas exigências pra esclarecer as dúvidas da categoria. Por outro lado, a presidente do sindicato dos empregados no comércio, Vera Lucia Meurer, rasgou seda pra ideia. A mulé que também é integrante do conselho do meio ambiente do município, tá torcendo pra que as mudanças aconteçam logo. “O custo é baixo, comparando com o benefício que vai proporcionar ao meio ambiente”, mandou.

  •  

Deixe uma Resposta