• Postado por Tiago

Rola no final de semana, na assembleia Legislativa, a 1ª Conferência Estadual de Comunicação da Santa & Bela. O evento tem como tema “Comunicação: meios para a construção de direitos e de cidadania na era digital” e será um debate sobre a construção de políticas públicas de comunicação que tenham cada vez mais funções sociais. “É o momento em que a sociedade irá discutir a comunicação. Infelizmente, o evento é consultivo e não deliberativo, porém é de grande importância que o tema esteja sendo discutido”, avalia o presidente do sindicato dos Jornalistas de Santa Catarina, Rubens Lunge.

Tudo o que for discutido no debate será levado à conferência nacional, que rola no início de dezembro, em Brasília. Em Floripa, o debate será sobre a disputa de hegemonia da comunicação, tecnologia da informação e comunicação, convergência tecnológica e desenvolvimento, cidadania e políticas públicas de comunicação.

“Gostaríamos que nesse primeiro momento fosse implantado um controle maior nas concessões de rádio e TV. Hoje as empresas não cumprem mais a determinação de caráter educativo e cultural. Queremos mais emissoras de rádio e TV, mas que elas não estejam concentradas numa única empresa que por tantas vezes tem deixado de cumprir com o papel de uma concessão pública”, acrescenta o sindicalista.

Celso Augusto Schoroder, coordenador geral do fórum Nacional pela Democratização da Comunicação, e Regina Lima, presidente da associação Brasileira de Emissoras Públicas, Educativas e Culturais são duas figuras que participam dos debates.

As inscrições pro evento terminam amanhã e qualquer pessoa pode participar. “Até dia 12 a inscrição é para delegados. Mas quem não quiser ser delegado pode participar dos debates. Só fica impedido de votar e ser votado”, conclui. Inscrições e mais informações no site www.comunica-se.org.br.

  •  

Deixe uma Resposta