• Postado por Tiago

O corpo que foi encontrado por um pescador quinta-feira, no final do dia, boiando nas águas do rio Piçarras, era do mecânico Luís Carlos Fagundes dos Anjos, 46 anos, morador no bairro Santo Antônio. O coitado tinha problemas com a marvada cachaça, e pode ter caído no rio de onde só foi sair num paletó de madeira. O laudo da necrópsia do Instituto Médico Legal (IML) do Itajaí apontou que ele tava morto desde domingo.

Um pescador que tava tarrafeando no rio Piçarras, pra ver se pegava um peixinho pra garantir a caldeirada do final de semana, levou um susto quando se deparou com o corpo boiando nas águas do rio. Os vermelhinhos retiraram o defunto da água, mas o corpo já tava bem estragado. Como ele tava com a carteira de identidade no bolso, foi fácil fazer o reconhecimento. No começo da semana, o filho de Luis, Anderson Luis Fagundes dos Anjos, 22 anos, tinha dado queixa na depê do desaparecimento do pai.

  •  

Deixe uma Resposta