• Postado por Tiago

Sandra diz que só vai sair do cortiço quando arranjar outro lugar pra morar

A manipuladora de pescados Sandra Mendes de Araújo, 41 anos, tá passando por uma tremenda d?uma injustiça. O proprietário do cortiço onde ela mora resolveu expulsar todos os inquilinos. O senhorio até já cortou a luz dos apês para forçar o pessoal a deixar o local, que fica na rua Joaçaba, no Rio Bonito, em Itajaí.

Sandra mora sozinha na quitinete desde dezembro. Faz questão de dizer que, assim como os outros inquilinos, sempre pagou o aluguel certinho. O dono cortiço, segundo ela, se chama Elvino, um senhor de seus mais de 70 anos.

A operária conta que na segunda-feira, a ex-mulher de Elvino apareceu e avisou aos moradores que as quitinetezinhas iram ser tomadas de volta.

Os moradores começaram a levar a notícia a sério, quando o senhorio desligou a energia elétrica dos apezinhos e passou um cadeado na caixa de luz, para evitar o religamento. ?A gente tá no escuro. As coisas na geladeria estragaram?, revolta-se a operária.

Deu até briga

Indignada, Sandra foi até a segunda depê pra fazer um BO. Ela não conseguiu fazer a queixa pois lhe disseram que precisaria do contrato de aluguel.

Na delega, relata ela, ainda a orientaram a quebrar o cadeado da caixa de energia para religar a luz. Quando Sandra tentou tirar a tranca, seu Elvino e o filho a teriam xingado de tudo quanto é nome. Outro morador, que se meteu na história, levou um soco na boca do filho do dono das quitinetes. Com tanta incomodação, o rapaz e a esposa cederam à pressão e entregaram o apezinho.

Além dos palavrões, o velhinho também ameaçou cortar a água da operária e disse que iria jogar os pertences de todos os moradores na rua. ?Ele não pode fazer isso?, indigna-se Sandra. Até a PM foi chamada pra conter a briga, que aconteceu na tarde de terça-feira.

Sandra diz que vai ficar mais um mês no cortiço, até que encontre outro lugar pra morar. Ela só pede que seu Elvino deixe os inquilinos em paz.

Por telefone, seu Elvino disse ao DIARINHO que não falaria sobre o caso e desligou na cara da repórter, que chegou a perguntar qual o melhor horário pra falar com ele, mas o grosseirão não respondeu. Ui, que nervoso!

Expulsar não pode, explica advogada

A advogada Luíza Costa e Silva explicou ao DIARINHO que, mesmo não havendo um contrato de aluguel, o dono não pode expulsá-los. Pela chamada lei do inquilinato, tem que dar um prazo de 90 dias pro pessoal achar outro lugar pra morar. Caso eles não queiram sair, aí tem que entrar na justiça com uma ação de despejo.

  •  

Deixe uma Resposta