• Postado por Tiago

Bom dia a todos os leitores da nossa coluna de beleza. A semana começa com cara de verão na região e, por isso, vamos falar de alguns cuidados que devemos ter com o sol.

Observamos que ano após ano se consagra como tendência a utilização de princípios ativos de origem botânica em diversos medicamentos e cosméticos. Uma grande novidade é o ‘Polypodium leucotomos’. Utilizado por via oral ou tópico, o extrato é o primeiro fotoprotetor oral com eficácia aprovada pelos médicos.

O ‘Polypodium leucotomos’ (um tipo de samambaia), é uma planta originária das Honduras e apresenta as seguintes propriedades: antioxidante, antiinflamatório e fotoprotetor contra o estresse foto-oxidativo.

A novidade funciona como uma alternativa complementar para a proteção solar, e não como um substituto do uso de protetores. Já são utilizados na Europa na forma de cápsulas, os chamados protetores internos, agora chegam ao Brasil.

Sabe-se que o estress, a má alimentação (sobretudo rica em gorduras saturadas e açúcares) associada à poluição, ao tabagismo, à má qualidade do sono também atuam como a exessiva exposição ao solar, produzindo aumento dos “radicais livres” que são responsáveis pelo estress oxidativo nas células do nosso organismo e consequentemente contribuem para o nosso envelhecimento.

Já que nossa idade cronológica (do calendário!) não pode ser alterada vamos cuidar muito da nossa idade biológica, que mostra o quanto estamos bem.

O ‘Polypodium leucotomos’, combinado ao betacaroteno, Pomegranate e outras substâncias, fornece fotoproteção oral para a pele e protege o DNA das células. No entanto, não dispensa a necessidade de usar filtro solar topicamente.

Estou de olhos abertos e atentos para tudo que acontece de novo e assim compartilhar com todos vocês.

Finalizo com um beijo pra todos e uma excelente semana!

Fiquem com Deus…

Nesta semana os leitores terão 10% de desconto para os Exames de Estresse Oxidativo e da Idade Biológica x Idade Cronológica.

  •  

Deixe uma Resposta