• Postado por Tiago

INTERNA_12_abre_ze-brodinho-na-avenida-carlos-drummond-de-andrade_foto-felipe-vt-(2)

Buraco onde nasceu o Zé Brodinho foi arrumado

Um capítulo da novela da revitalização da avenida Carlos Drummond de Andrade, na Praia Brava, chegou ao fim. A cratera que se abriu depois da chuvarada que atingiu a região no começo do ano, foi finalmente tampada pela secretaria de obras de Itajaí. O povão do bairro até gostou do fim do transtorno, mas continua cabreiro com a falta de pavimentação e dos tubos pra escoar a água da chuva.

A luta foi grande até o buraco ser tampado e muita polêmica rolou por lá. Os moradores não deixaram por menos e soltaram os cachorros nas prefas de Itajaí e Balneário Camboriú, responsáveis pela obra de revitalização.

O jornalista Pedro Washington Almeida Júnior disse ao DIARINHO que a preocupação da comunidade em relação às obras no local ainda continua. ?Eles fizeram parte da tubulação e tamparam o buraco, mas o projeto não foi finalizado. A revitalização prevê toda a rede pluvial e a pavimentação, e que por enquanto não sabemos quando será concluído?, alertou o jornalista.

O empresário Dualcei Luis da Silva também espera ansioso o fim da obra. Ele conta que em dois dias de serviço dos peões da prefa o buraco estava tampado, mas a Brava ainda continua uma nojeira só. ?A nossa reivindicação não foi à toa. Isso aqui tá um caos e por enquanto um terço da obra foi feito?, reclamou.

Pra cobrar um cronograma de obras e tentar descobrir quando os moradores da Praia Brava vão voltar a ter uma vida normal, uma reunião com o prefeito Jandir Bellini vai rolar amanhã. Pelo menos é o que eespera o povão do bairro. A data da audiência com o prefeito amarelinho já foi mudada duas vezes.

Tarcísio Zanelatto, secretário municipal de Obras, não foi encontrado ontem para falar sobre o assunto. Foi ele quem, no começo da semana, mandou avisar ao Zé Brodinho que a cratera gigante da Brava finalmente havia sido tapada.

Foi na Brava que o Zé Brodinho nasceu

O Zé Brodinho foi conferir como tá a situação na avenida Carlos Drummond de Andrade, local onde nasceu. A cratera não existe mais e os carros já podem passar normalmente. Só que a zona ainda tá grande por lá.

Os moradores reclamaram pro Zé do caos que ainda continua na praia que é o orgulho dos peixeiros. A luta do povão não é de hoje. No final de maio, os moradores decidiram criar o Zé Brodinho para protestar contra a cratera gigante que se abriu na principal avenida e não tava sendo tapada. A ideia deu certo. Só depois do personagem pintar por lá com uma vara de pescar é que os abobrões se coçaram.

Na ocasião, o DIARINHO chegou na Praia Brava bem na horinha em que Zé estava sendo batizado e acabou sendo o padrinho. Hoje, adotado pelo jornal, o Zé Brodinho é a voz dos moradores da região.

  •  

Deixe uma Resposta