• Postado por Tiago

INTERNA_13_abre_-Mikael-perna-quebrada_foto-menina-superpoderosa-(9)

A doméstica Edicléia precisou largar o trampo pra cuidar do filho, que não consegue mais andar

Há 14 meses a vida de Mikael Roberto de Andrade, de nove anos, mudou radicalmente. O garoto, que era acostumado a jogar bola e andar de bicicleta com os amigos, agora só pode olhar as brincadeiras. Mikael tá todo esse tempo com a perna quebrada e a mãe, Edicléia Soares, 33, não sabe mais pra onde correr com o filho em busca de ajuda. ?Assim que o Mikael quebrou a perna eu levei pro hospital Pequeno Anjo, depois ele foi pro Marieta e até pra Florianópolis, no Joana de Gusmão?, relata.

Dona Edicléia conta que Mikael andava de bicicleta quando caiu e trincou os ossos da canela. Na hora em que entrou em casa pra contar do acidente, tropeçou e acabou quebrando de vez a perna. ?Chegaram a engessar, só que como não resolveu, tiraram o gesso e ele tá com a tala agora?, disse a mãe, que tem medo que o menino acabe amputando a perna.

Tudo precisou ser readaptado na casa dos Andrade, que fica no Cidade Nova, em Itajaí. O menino não vai mais pra escola pra prevenir um novo acidente e a mãe precisou largar o trabalho de doméstica pra se dedicar ao garoto. O sustento da baia e dos quatro filhos é garantido pelo marido de dona Edicléia, que trampa como servente de pedreiro e ganha em média R$ 450 por mês. ?A gente se vira como pode, mas é tudo muito difícil?, lamenta a mulher.

Hoje, Mikael e dona Edicléia vão com a caranga da secretaria da saúde mais uma vez até o hospital Joana de Gusmão, em Forianópis, pra consultar um ortopedista. ?Tô indo sem um tostão no bolso e vou passar o dia lá. Espero que pelo menos eu volte com alguma notícia boa?, diz Edicléia.

Dalva quer solução

Dalva Rhenius, secretária da saúde peixeira, disse que não tava sabendo do caso, mas se comprometeu a acompanhar de perto a história do guri. ?Eu vou checar o histórico das consultas dele e esperar o diagnóstico do Joana de Gusmão, que tem uma ortopedia referência no estado. Vamos dar um jeito no caso desse menino?, prometeu.

  •  

Uma Resposta to “Criança pena há um ano com a perna quebrada”

  1. jader Diz:

    Ahhhhhhhhhhh, que estranho a Sra dalva não saber do caso, o fato é que se a mãe do menino fosse lá na secretaria certamente a Sra Dalva
    estaria em reinião ou diria não é tão grave como acontece sempre, é de prache, só o tio lá de cima para dar jeito no jeito.

Deixe uma Resposta