• Postado por Tiago

“O circo está armado. Os cruzeiros chegaram.

Sei que muitos vão criticar e outros tantos apoiar (concordar) o meu ponto de vista sobre os cruzeiros que atracam em nosso píer.

É o que vejo e o que muitos comentam é a maneira como são feitas as coisas em Itajaí. Soltam foguetes, distribuem chapéus, fanfarra, etc.. Parece recepção daquele filme “Ilha da Fantasia”, que tinha lá nos idos dos anos 70, coisa bem provinciana. Se acham bonito, tudo bem..

Agora, o que não concordo é que depois de tudo isso os turistas são esperados por atravessadores e levados para as vans e ônibus e a minoria fica por aqui. Escuto na TV, na rádio e no jornal que cada turista gasta em solo peixeiro em torno de 100 doláres. Não sei onde

Pergunte para qualquer comerciante e veja a realidade. Só vejo chinélis pelo centro. E o que procuram? Lan House, pois lá dentro é muito caro o minuto. Já vi alguns turistas chinélis esvaziarem garrafas de água mineral e colocar vodka dentro, pois é a única coisa que passa de bebida para voltar ao navio. Parece piada, mas já vi isso.

A maioria dos turistas que descem nos píer são brasileiros. Estrangeiros vejo poucos. Preferem não correr os riscos…

Outra coisa interessante é que demoliram um casarão histórico e em seu lugar fizeram réplicas de boteco e fachadas das antigas, com um estande de uma construtora que está apavorando os moradores da Praia Brava, com seus arranha-céus (agora entendo o por que das liberações). É o famoso tomá lá dá cá, tipo cala boca do povo. Só falta agora trazer o Amauri Junior, o Armandinho e o P. C. Cruz para participar do boi de mamão, como já dizia o filosófo Vampeta: nós fingimos que recepcionamos e eles (turistas) fingem que gastam… faz de conta.

Quais as atrações que Itajaí oferece para seus turistas?

A igreja Matriz e as construções dos condomínios chiquetosos na Praia Brava. Daí, tem mais é que pegar o chapéu subir nas vans e se divertir (comprar) nas cidades vizinhas mesmo… Viva a belinelândia cruzeirista, do faz de conta. Como dizia o filosófo e ex-prefeito: o povo gosta de circo, festa e futebol.”

Ass: A. A.

(Transcrito ipsis litteris)

  •  

Deixe uma Resposta