• Postado por Tiago

?Percussão multimídia?, promovido pelo Sesc, rola amanhã, no auditório do porto, totalmente digrátis

Considerado um dos músicos mais inventivos da música contemporânea, o percussionista francês Cyril Hernandez desembarca na cidade peixeira nesta terça-feira, pra mostrar o que a francesada tem no espetáculo ?Percussão Multimídia?. A parada é uma promoção do Sesc e do Ano da França no Brasil, que tá levando o espetáculo a 10 cidades da Santa & Bela. A apresentação única rola no auditório do porto, às 20h, e é na faixa.

O espetáculo de Cyril Hernandez combina recursos multimídia e teatrais com influências da música contemporânea e pop francesas. O artista já tocou para performances dos dançarinos Loïc Touzé, Julia Cima e Olivia Grandville. Ele também compõe para o teatro, já tendo trabalhado com o brasileiro Augusto Boal, morto este ano, e os conterrâneos Thierry Bédard, Jean-Luc Terrade e Gilles Bouillon. Entre seus principais trabalhos, se destacam ?Soli Mobiles-Solo Frappé? (2003) e ?Multiples de deux? (Múltiplo de dois), em 2005.

A partir de 2006, o artista começa a se dedicar à pesquisa de performances em espaços públicos, realizando três instalações sonoras para um percurso de arte contemporânea na França. O trabalho deu frutos e ele veio ao Brasil em 2007 e 2008, mostrar sua arte e tomar pé da cultura brazuca, riquíssima em sonoridades graças à nossa mistura de origens. Por aqui, ele apresentou o espetáculo ?Passarela de ImaginaSom?, no Rio de Janeiro, com uma exposição de mesmo nome. Recentemente, ele foi atração do 13° Encontro Nacional de Teatro de Rua, em Angra dos Reis.

  •  

Deixe uma Resposta