• Postado por Tiago

Dia 8 de fevereiro de 1999

(Continuação da edição anterior)

Esses advogados, que pra mim não são advogados, são “adevogados”, são os únicos culpados da lentidão na solução desses processos. Que não andam por culpa deles, não da justiça…

xxx

Esses bolhas são como um lavrador vagabundo, malandro, que prepara a terra, semeia, mas abandona a plantação, não rega as plantas, não mata as ervas daninhas. Deixa a plantinha ao deus-dará.

xxx

Então, Dr. Carlos, o senhor vai convir comigo que não é por aí, criticar a Vara da Fazenda. É criticar seus colegas, muitos deles que não sabem conduzir as execuções, principalmente contra as Fazendas.

xxx

Sacanagens municipais

Outro assunto interessante comentado pelo Carlos foi o artigo publicado pelo Pompeu, na Veja, dizendo que, hoje, no Brasil, as grandes sacanagens estão nos municípios. Que geralmente passam batidas, primeiro porque a chamada grande imprensa delas não toma conhecimento. E, em segundo, porque a imprensa interiorana é “vendida”.

Pura verdade!

Você conta nos dedos de uma só mão e sobra dedo, de órgão de imprensa, rádio e tv do interior que não seja “arreglado”.

xxx

Por aqui mesmo, o arreglo é a tônica.

Salvam-se um Aderbal, um Antonio Carlos, um Sandro ou um Osvaldo Vieira.

xxx

Sempre dizemos e jamais fomos contestados: pra puxar o saco tá cheio. Agora, pra pegar no pé, é um ou dois e olha lá.

  •  

Deixe uma Resposta