• 09 maio 2009
  • Postado por Tiago

Capitânia si f…

Dia 20 de junho de 1998

E falaram, falaram e a Capitania do Porto, afinal, se foi para a cidade dos “3M”, a falada Floripa. Porque? Falta de prestígio dos nossos políticos? “Homi”, quem é que vai dizer que não”?

Falar nisso, o Paulinho Bornhausen andou quebrando a cara com o assunto, pois, garantiu que ia deixar a Capitania em Itajaí, e não conseguiu porra nenhuma.

Ou será que a Capitania mudou porque mudou a Marinha? Olha, me falaram, dia destes lá na Folha, em São Paulo, que lá também deu o mesmo buxixo. Imagina que tiraram a Capitania de Santos, que é o maior porto da América do Sul, e lavaram, ou a estão levando, pra São Paulo. E os paulistas estão curiosos pra ver, amanhã ou depois, almirantes, contra-almirantes, capitães de coverta a gigolôs de cometa, todos juntos, brincando de barquinho no Parque Ibirapuera e no lago do Zoológico. Que é a única coisa que a merinha tem a fazer em São Paulo.

Já no Paraná, a Marinha vai ter mais espaço. Lá, também, eles tiraram ou vão tirar a Capitania de Paranaguá, o terceiro porto da América do Sul, para levá-la para Curitiba. Onde, pelo menos, tem o Parque do Barigui, com um puta lago, que cabe até o elefante branco da nossa gloriosa marinha, o porta-aviões (que não carrega avião), Minas Gerais. Há 18 anos, ancorado e criando craca, no fundo da Baía da Guanabara…

Agora, sorte mesmo, tem os caras da Capitania de Santa Catarina. Que lá na Capital “3M”, quando não estiverem coçando a sacaria, vão dar plantão na sede do Iate Clube, no Jurerê, pra medir perna de moça, passageira de lanchinha de recreio.

Enquanto isso, no Itajaí, hoje mal e mal servido por uma simples delegacia, os barcos de pesca vão continuar saindo pro mar, sem condições de navegabilidade e segurança, sem tripulação habilitada, o caralho, porque a polícia naval vai estar toda na Floripa.

Pro Doro, pensador nova-ter-buçantino, até que é bom a Capitania ter ido embora e deixado aqui uma delegacia, igual a delegacia da mulher. Isto é, uma delegacia que não faz porra nenhuma.

Nessa, o DIARINHO até sugere: levem, pra Floripa, junto com a Capitania, o Vanderlei, aquele delegado emprestado de Navegantes, que tem o mau costume de dar chá de cadeira em quem vai lá na sua delegacia.

  •  

Deixe uma Resposta