• 03 jun 2009
  • Postado por Tiago

Ainda a ressaca de domingo

Dia 14 de junho de 1998

Na roupa suja do fiasco de domingo, quando a seleção do Zagalo perdeu e perdeu feio a copa, aparece agora o caso do Ronaldinho.

O que se sabia de certo, até ontem, à hora do almoço, era que Ronaldinho teria tido um “troço” na tarde de domingo (horário da França), tendo até sido levado para um hospital.

Isso, teria feito com que Zagalo, ao fornecer a escalação oficial do time brasileiro, constasse Edmundo, no lugar de Ronaldinho.

No fim, Ronaldinho entrou em campo.

A escalação oficial, entregue pelos técnicos dos times disputantes ao Comitê de Imprensa da Fifa, horas antes do jogo, é um ato oficial previsto no regulamento da disputa.

A chefia da delegação brasileira, diante da escalação oficial ter sido desmentida pela entrada do Ronaldinho em campo, jogou a culpa em cima do Comitê de Imprensa da Fifa. Alegou que os caras da Fifa é que tinham se enganado.

Aí o pessoal do Comitê da Imprensa da Fifa pegou na corda e desmentiu a cambada de puto da chefia da delegação brasileira. E exibiu, para todo mundo ver, o documento que dava a escalação com o Edmundo no lugar do Ronaldinho, assinada pelo Zagalo.

Quer dizer: o Comitê de Imprensa da Fifa pegou na mentira a cambada de safado da delegação brasileira.

A ilação que se tira, ao analisarmos tudo isso, é a seguinte: Ronaldinho, por um mal que ainda não foi revelado e que poderá ter sido desde uma simples caganeira a um chilique nervoso, não tinha condições de jogar.

Não obstante, sua escalação foi imposta a Zagalo, ou pelos cartolas da CBF, ou pelos patrocinadores de Ronaldinho ou por ambos.

E deu a merda que deu.

Que tem sacanagem tem!

Haja vista o fato de que vários jogadores da nossa seleção, ouvidos pelas tevês do mundo inteiro, todos se cagando de medo, só sabiam dizer que Ronaldinho tinha tido um “troço”. Mas que eles não sabiam o que ele tinha tido.

Juca Kfouri, comentando o caso na ESPN, garantiu ter ouvido de Roberto Carlos (colega de quarto de Ronaldinho) que este “tremeu” e que teria ficado mais amarelo que a camiseta da seleção. O mesmo Juca garantiu ter escutado de um outro jogador da seleção que Ronaldinho tava tão feio que ensou que ele ia morrer.

Ontem, lá pelas 13 horas, Ronaldinho, falando na Globo, confessou ter tido uma convulsão.

Nisso tudo tem dente de coelho. Sem se falar no que deve ter rolado de sacanagem nos bastidores, a ponto de ser escalado pra uma final um jogador doente.

Sim, porque só tem convulsão um cara doente.

  •  

Deixe uma Resposta