• 09 jun 2009
  • Postado por Tiago

Edição barriga verde do samba do crioulo doido

Dia 22 de julho de 1998

A eleição pra presidente, aqui em Santa Catarina, vai ser um autêntico samba do crioulo doido. Isso porque alguém vai entender Amin, Paulo Afonso Gato, Jorge Bornhausen, Luiz Henrique, Schmitt Fujão, Amilcar Gazaniga, tudo junto? A cambulhada de mão dada, trepada, abraçada no palanque da sua excelência, Dom Fernando Real?

Pra mim é uma vergonha! É como uma matilha, cachorrada esfomeada se comendo. Se mordendo, na hora que o dono chega com o prato de comida, corre tudo, rabo entre as pernas, comer, a cambada toda na mesma gamela.

A mostrar que é tudo mesmo uma cachorrada.

Brigam, se estapeiam, um esculhamba com o outro mas, na hora do “bem-bom”, cadê vergonha?

É por isso que o povo não acredita nessa cacalhada toda.

Curtinhas

Visitas ilustres ontem no escritório de Itajaí do DIARINHO. Pela manhã o vereador Nilton Dauer, presidente do PFL local, que não pudera, por compromissos particulares, comparecer à inauguração da nossa casa em Itajaí. À tarde, o radialista Antonio Carlos, que, da mesma forma, por no horário da festinha estar no trampo, também não comparecera à inauguração. Antonio Carlos, um colega que muito prezamos, estava acompanhado do radialista Miguel Oliveira.

Ainda à tarde, recebemos a visita do senhor José Carlos da Costa (o Carlinhos) do Tiradentes, que veio comunicar o lançamento oficial da sua candidatura à reeleição de presidente do grande clube. Carlinhos, velho amigo da casa, veio acompanhado do senhor Alvaro Machado, associado do Tiradentes.

Agradecemos as ilustres visitas.

  •  

Deixe uma Resposta