• 22 jul 2009
  • Postado por Tiago

A segurança no caos

Dia 2 de outubro de 1998

Na Capital uma agência bancária é assaltada e quatro bandidos armados feriram o gerente.

Aqui em Balneário um moço é morte por bandidos, que dele levaram 50 reais. E este crime hediondo teria sido evitado se a polícia, chamada na hora que a vítima era agredida, tivesse atendido à ocorrência. Mas, aqui, chama-se a polícia e eles desdenham.

© © ©

Esta semana, o DIARINHO, registrava casos como a da senhora que foi levada por bandidos, em Itajaí, para sacar dinheiro no seu cartão de uma agência bancária, no centro da cidade.

Ainda esta semana noticiávamos o caso da invasão policial a casa da família sem qualquer antecedente policial.

Tudo a demonstrar que a segurança em Santa Catarina tá uma merda.

© © ©

E isso não vem de hoje. O sucateamento da segurança em Santa Catarina vem do tempo do governo Pedro Ivo, que votou incapazes para toca-la; continuou com o governo Kleinunbing, que botou um coronel de fama duvidosa a toca-la e persiste no atual governo, que botou uma “pilota de fogão”, arvorada em policial a tocá-la.

© © ©

Na região, que falar? Se a segurança tá na mão de um delegado dondoca, locomotiva do “soçaite”, político de arraial e policial (péssimo policial) nas horas vagas?

© © ©

É pedir que o Heitor Sché volte pra segurança que, no tempo dele, nos a tínhamos.

Bola apresenta
requerimento oportuno

Na Câmara Municipal de Balneário, o vereador Ademar (Bola) Pereira apresentou requerimento solicitando à Promotoria de Justiça da Comarca informações a respeito do cumprimento por parte da Casan do Termo de Ajustamento de Conduta, pactuado entre o Município e a porcolina em fevereiro.

E tem razão o Bola. Fizeram o tal “termo”, a Casan continua cagando impunemente a praia e daí?

Vai ficar por isso?

  •  

Deixe uma Resposta