• Postado por Tiago

Dia 18 de outubro de 1998

(Continuação da edição anterior.)

E nesse intento, inclusive, demonstrando ser um mau caráter, tem falado mal do Porto pra todo mundo.

Tanto que, na última reunião do CAP – Conselho de Autoridade Portuária-, da qual faz parte também um representante do Ministério dos Transportes de Brasília, segundo um olheiro do DIARINHO, Marcelo fez um puta papelão, dando porrada na mesa, gritando palavrões pra depois sair batendo a porta como um doido.

Só por essa atitude de mal comportamento, deseducada, de desrespeito hierárquico e desleal para com sua empregadora, deveria levar cartão vermelho.

Mas não, continua lá dentro do Porto, com a maior cara-de-pau, segundo se comenta a boa pequena, sob proteção do Senador Esperidião Amin.

O DIARINHO já destacou um repórter para fazer um levantamento geral das atividades e atitudes do Marcelo.

Não obstante, Bellini e Macagnan devem é mandar abrir uma sindicância para apurar todos os fatos acontecidos no Porto para ver, na realidade, o que é que o Marcelo quer. Quais os reais interesses dele, que é cu e calça com pessoas ligadas ao fujão.

E o DIARINHO fica admirado com isso. Logo ele, o Marcelo que não é de Itajaí, não mora na nossa cidade, jamais fez algo em benefício da nossa população e vem pra cá querer cantar de galo. Que volte pra Laguna, de onde nunca deveria ter saído. Se bem que cantar de galo lá é mais difícil.

Agora o DIARINHO, o Marcelo jamais enganou.

O Bellini e o Macagnan devem lembrar que, dois dias depois que eles assumiram, em conversa reservada com os mesmos, nós os prevenimos e os aconselhamos a alijar o Marcelo e uma cambada de safado do Porto no ato.

Bellini e Macagnan não o fizeram e, por isso, devem hoje estar arrependidos. Embora, nunca seja tarde pra iniciar uma verdadeira limpeza do Porto.

E todo mundo vai cair pra trás e ficar sabendo quem é o Marcelo, quando o DIARINHO contar, daqui uns dias, a sacanagem que o Marcelo fez pro Vandelino. Coisa de cabra safado.

  •  

Deixe uma Resposta