• Postado por Tiago

Dia 26 de fevereiro de 1999

A nota que a concessionária da travessia do Itajaí-açu, entre Itajaí e Navegantes, deu a público, quando disse aceitar a gratuidade – embora afirme continuar exercendo o seu jusesperniandi, é um monumento de cafonice.

xxx

Primeiro, porque eles ainda são do tempo que lei no Brasil era ou não aceita. Segundo, continuam chorando na rampa, e, até, fazendo ameaças, como aquela de demitir.

E daí? Será que o direito de dezenas de milhares de cidadãos de terem passe livre, livre trânsito entre duas cidades vale menos do que dois ou três empregos?

xxx

O que os donos do ferry boat, que são o Grupo Tamakawi (Renato Aragão, Silvio Santos e Gugu), e o Sr. Wandi Willer têm que saber é que, no Brasil, não existe mais “cartório”. E que os direitos do povo não podem ficar na dependência de interesses de grupos.

  •  

Deixe uma Resposta