• Postado por Tiago

Dia 25 de julho de 1998

Hoje comemora-se o dia do caminhoneiro e do motorista, os homens que carregam nas costas o progresso do Brasil. É o caminhoneiro, é o motorista, cortando estradas, subindo morros, enfrentando o perigo em cada curva das nossas mal cuidadas e mal (em todos os sentidos) policiadas estradas, quem leva o remédio, a comida, o livro, a revista, o jornal. Enfim, sem o motorista, nós ó!

Até o nosso DIARINHO de cada dia, não fosse o caminhoneiro, não chegaria cedinho na sua casa.

Por isso, o DIARINHO quer homenagear todos os motoristas e caminhoneiros do Brasil na pessoa de três amigos diletos que compõem a classe: o nosso Ademir, que é quem transporta todo dia (todo dia mesmo) o nosso DIARINHO da gráfica até aqui, o presidente do sindicato dos motoristas de Itajaí, João José de Borba, líder sindical de escola e paradigma de dirigente classista; e o prezadíssimo Cesar, secretário executivo do sindicato dos motoristas, nosso prezado colunista.

E um preito de saudade ao velho Capitão Galdino Vieira, meu saudoso pai, motorista de praça do velho Itajaí. O velho Capitão fazia ponto ali na Praça Vidal Ramos. Batalhando junto com os também saudosos Domingos de Azevedo Braga, Normínio Silva, Xinduca, “seu” Anacleto, Alexandre Constantino, dentre outros legendários choferes de praça do velho Itajaí.

• • •

Curtinhas

Da Paraíba, recebo um cartão postal da cidade de Cabedelo, que me foi enviado pelo nosso querido Bira do Ibama. Bira, que vira esse Brazilão de pé a ponta, nunca esquece do DIARINHO. Tá sempre nos enviando postais e jornais. É o maior fornecedor de exemplares do nosso arquivo de jornais do mundo inteiro. Abração, Bira, e aproveita o sol da praia de Camboinhas. Já pensou, nós aqui neste frio filho da égua e o Bira lá na praia de Camboinhas, 42 graus, tomando uma cervinha, debaixo de um coqueiro? Obrigado, Bira, e breve regresso pra tomarmos um “danoninho” lá na Armação, no Recanto do Luiz.

  •  

Deixe uma Resposta