• Postado por Tiago

Dia 11 de fevereiro de 1999

Toda vez que algum bandido for lá e assaltar uma loja do Vitória, o Comendador Cidio Sandri deve pegar o seu filho Silvio Sandri e dar-lhe uma surra de cinta.

É que o Silvio é um dos responsáveis pela bagunça na segurança da cidade de Itajaí. Que no fim, no fim, causam coisas como essa de três, quatro assaltos por dia.

vvv

E por que eu digo isso?

vvv

Porque, no começo do governo do falecido Kleinunbing, um delegado regional novo já estava até com decreto de nomeação assinado. Se não me engano um tal do Moretto ou Moretti.

Quando o Renato Ribas soube, ficou doido. Pegou o Silvio Sandri, então presidente do PFL de Itajaí, a tiracolo e foi lá no Kleinunbing.

Lá, o Silvio, usando o título de presidente do PFL de Itajaí, impôs ao Kleinunbing a permanência do Renato na Regional.

Pessoas que presenciaram o lance conferenciaram mais tarde que o Kleinunbing deu aquela de “lavar as mãos”, dizendo pro Silvio que se o PFL queria o Renato, ele deixava. Mas…

vvv

Naquele tempo, o PFL de Itajaí não era o partido que hoje é.

Naquele tempo, o PFL de Itajaí era o Silvio, mais o Leleco, o Mauro Machado e meia dúzia de panacas. Tanto que se dizia, então, que o eleitorado do PFL de Itajaí cabia, todinho, numa Kombi.

vvv

Voltando ao começo da estória: se o Silvio Sandri não tivesse feito aquela cagada, a segurança de Itajaí teria sido reformulada e hoje, por certo, as coisas seriam diferentes.

Mas não são.

  •  

Deixe uma Resposta