• Postado por Tiago

Dia 28 de março de 1999

Rubens Pacheco, ex-vereador Elcio Eiros Bastos e Afonso Arruda (irmão de Tito Arruda), aprovados em concurso público para fiscal da prefeitura, foram nomeados no governo Schmitt. O doutor Procurador prefeitura, Pissetti, e sua equipe mambembe (pra não dizer coisa pior) entenderam que a nomeação dos mesmos era ilegal. E, com isso, botaram na cabeça do prefeito demitir os concursados. O prefeito foi na onda do seus “eficientes” (e bota eficiência nisso) procuradores e os demitiu.

Eles bateram na justiça que, dia destes, lhes deu ganho de causa. Voltam todos, recebendo os atrasados, contando tempo de serviço, fora o alho. Prejuízo do erário muncipal, com a cagada do Pissetti & Cia: mais de 300 mil reais.

Vejam detalhes na edição de amanhã do DIARINHO.

Dauer x Antoninho

Mal estar no governo municipal com a “briga” Nilton Dauer, líder do governo x Antoninho Silva, secretário do mesmo governo.

No Paço, comenta-se que tudo se deu porque Antoninho, ao assumir, requisitou um filho do vereador, que é funcionário da sua secretaria, para que o mesmo pegasse pesado. Coisa que parece não ter agradado ao pai vereador.

É o que dá misturar política com assuntos de família.

  •  

Deixe uma Resposta