• Postado por Tiago

Dia 5 de dezembro de 1998

Olha, coitados dos prefeitos, que têm que fazer das tripas coração pra dar conta do recado. Que, no Brasil, o único cara que encara mesmo é o prefeito. O resto, só chuta.

•••

O Presidente da República é um ente distante, que a gente só vê embarcando pro exterior ou nas telinhas de TV.

O governador, de vez em quando passa rápido pelas nossas cidades, promete isso e aquilo, passa a mão na cabeça das crianças e se manda…

Deputado, senador só aparecem em tempo de eleição. Fora isso, não se encontra um sacana dessses nem pra remédio.

Vereador serve pra nome de rua e conseguir botar empreiteira nas prefeituras. De vez em quando, ainda fazem umas cagadas, como confinar camelô e ainda fazê-los comprar terreno superfaturado etc.

•••

Prefeito tem que fazer tudo. Sai na rua, o cidadão vem reclamar desde o cachorro morto na frente da casa até o preço do IPTU, sem se falar nos pedidos de empregos, de carradas de barro ou até mesmo uma casinha com um terreninho.

•••

Além de fazer isso tudo, o prefeito ainda tem que arrumar a cagada dos outros e pagar por serviços que não interessam em nada ao município nem ao seu povo.

•••

Vou dar dois exemplos: os bombeiros de Itajaí resolveram fazer um exercício. Escolheram (mal), como local do espetáculo nerônico, a praça (ou terreno baldio) em frente ao ex-futuro Teatro Municipal. Foram lá, fizeram a brincadeiras deles, mas deixaram lá toda a cagança. E foda-se o mundo. E pior: o chefe dos Bombeiros, interpelado pelo DIARINHO, do por que não fazia como o gato (cagava e limpava, limitou-se a dizer que a prefeitura que limpasse… (Pode?).

•••

Continua na próxima edição.

  •  

Deixe uma Resposta