• Postado por Tiago

abre

Nos motéis, a rotatividade será grande na sexta-feira

Se existe um setor que não sofreu com a crise econômica é o do sexo, afinal, quando as coisas não vão bem, pelo menos, podemos gozar a vida. E quem apostou neste nicho de mercado se deu muito bem. O número de motéis cresceu a olhos vistos na região, principalmente na rodovia Osvaldo Reis, aumentando a oferta e a qualidade dos serviços. Além de dar uma força pros casais, que vão fazer fila na sexta-feira.

?É como se fosse a nossa alta temporada, mas só dura um dia. Neste dia aparece de tudo ? casais novos, velhos, fora os clientes fiéis. É tanta rotatividade que temos que diminuir o horário de três pra duas horas pra dar conta?, comemora a gerente Ju, do motel Chalet, um dos pioneiros da região, junto com o Espigão, que oferece 34 suítes com quatro níveis de preço.

A gerente conta que trampou na rede hoteleira muitos anos e diz que não vê muita diferença. ?A única diferença é que você não vê os clientes, no mais, temos quase os mesmos serviços de um hotel ? tevê, ar, frigobar?, compara. Ju, que não quis se identificar, diz que a facilidade de usar o serviço e a qualidade dos quartos faz dos motéis fortes concorrentes dos hotéis, já que também oferecem o pernoite. O proprietário do motel Privê, Rafael Hubert, concorda. ?Tem homens de negócio que preferem entrar discretamente, já que não precisa preencher ficha, e o motel facilita?, acredita.

Tanto o Chalet quanto o Privê não fazem promoção pro dia dos namorados porque é uma data muito concorrida. No Privê, três horas de rala-e-rola custam de R$ 49 a R$ 85 e as suítes têm nomes praieiros como ?mar?, ?sol? e ?oceano?, que é a suíte presidencial com duas camas de casal, banheira de hidromassagem pra sete pessoas e sauna. ?Não é que eu seja contra os motéis temáticos, mas eles acabam se tornando muito caros. Nossa ênfase é na higiene?, ressalta.

Os motéis que investem nas fantasias eróticas são o Libidus e o Athoss, antigo 2001, ambos às margens da BR-101. O Libidus fica em Camboriú e tem 40 suítes, que custam entre R$ 48 e R$ 226. Além dos quartos, o motel tem três suítes com os temas ?árabe?, ?desejo? e ?japonesa?, que custam R$ 98. No caso da transa se estender, eles também oferecem o pernoite. Os apês temáticos sobem pra R$ 186, o luxo pra R$ 99, o super luxo pra R$ 137, o duplex pra R$ 296 e o triplex pra R$ 396. Lá, o café da manhã é por conta da casa.

Já o Athoss oferece 10 temas pra todo tipo de fantasia: oriental, sedução, encanto, country, egípcio, safári, romana, árabe, indiano e fantasia. Três horas custam R$ 89 e o pernoite fica em R$ 178. Até 31 de julho, eles tão promovendo a pernoite das suítes pelo preço da rapidinha. E tem almoço executivo na faixa. E pra quem não tá podendo, tem os motéis básicos, como o Tu ki sabes, de Balneário, o Play Time, de Navega, e o Recamier, de Itajaí, cujas suítes não passam dos 60 mangos.

box-2

Fantasia de colegial é a mais pedida na Hot Secret

  •  

Deixe uma Resposta