• Postado por Tiago

O deputado federal Décio Lima (PT) pintou esta semana na Maravilha do Atlântico. Ele veio fazer uma visitinha de compadre ao prefeito Edson Periquito (PMDB) e aproveitou pra palpitar sobre o funcionamento do hospital municipal, que ainda não abriu as portas. O petista faz coro à opinião do prefeito e acha que o melhor destino pro Ruth Cardoso é atender só os pacientes do sistema único de saúde (SUS).

A visitinha de Décio, pra bater um lero, já era esperada por Periquito desde o início do ano. O homi comentou que tá sabendo do perrengue que envolve o hospital. Enquanto o prefeito bate pé e afirma que não abre as portas sem ajuda do estado, o secretário de saúde, Dado Cherem (PSDB), já avisou que o governo da Santa & Bela não ajuda no custeio de nenhuma casa de saúde.

Diante do impasse, o deputado prometeu pedinchar uma mãozinha do governo federal pra ajudar nos custos de manutenção. Periquito vai enviar a Décio mais informações sobre o Ruth Cardoso, como o número de leitos e equipamentos, e fotos do hospital. Com os papélis em mãos, o petista jura que vai ter um plá com a politicagem de Brasília pra agilizar o envio de recursos.

Um novo blablablá deve rolar nas próximas semanas. Décio Lima vai trazer a Periquito o resultado dos conversês na capital federal.

Baita aperreio

A promessa de Periquito é que o hospital será aberto em setembro. Há duas semanas, a mandachuva da Organização Mundial da Família (OMF), que construiu o Ruth Cardoso, dotôra Deisi Kusztra, veio ao Balneário pra puxar a orelha do prefeito. Ela afirma que a entidade tá com tudo pronto e acusa a prefa de fazer corpo mole pra finalizar as obras em volta do hospital.

Pra completar, o município ainda tá devendo R$ 914 mil pra OMF. A liberação da grana ainda não foi enviada à casa do povo, pra que seja votada pelos vereadores. Pra tentar forçar a barra, a bancada de oposição na câmara fez beicinho e se nega a votar qualquer projeto encaminhado pela prefa. A greve dos vereadores já dura 15 dias.

  •  

Deixe uma Resposta