• Postado por Tiago

O pequeno-grande deputado Adherbal Cabral (PMDB), o Deba, defendeu esta semana os pequenos proprietários rurais na assembleia Legislativa de Santa Catarina. O deputado dengo-dengo pediu a isenção das despesas de deslocamento dos técnicos credenciados da companhia Integrada de Desenvolvimento Agrícola de Santa Catarina (Cidasc), e também o não-pagamento dos exames. A queixa dos pequenos proprietários rurais é sobre a cobrança na realização dos exames de tuberculose e brucelose no rebanho bovino e bufalino do estado. A reivindicação foi encaminhada ao governador Luiz Henrique da Silveira e ao presidente da Cidasc, Edson Veran.

Para o Deba, o governo do estado deveria incentivar o pequeno produtor a fazer os exames de proteção do rebanho e não cobrar por isso, afastando os agricultores do bendito exame. “O controle do rebanho bovino e bufalino em nosso estado possui bons exemplos, como a “brincagem”, que é gratuita. Este tipo de medida tem promovido um aumento da conscientização do produtor rural, com relação aos benefícios do controle estatal e com reflexos diretos na qualidade do produto”, esclarece.

De acordo com Deba, a isenção é um caso de saúde pública. “A não-realização destes exames pode trazer consequências direta na saúde dos consumidores e na qualidade na cadeia produtiva. Por isso, é importante a isenção do pagamento dos exames”, concluiu o parlamentar.

  •  

Deixe uma Resposta