• Postado por Tiago

O mundo do tráfico de drogas teve uma baita perda. Os homis do departamento Estadual de Investigação Criminal (Deic) guentaram dois quilos de crack e um quilo de cocaína. Foram apreendidas ainda 100 pedras do demo e petecas de cocaína. A drogadalha foi pega com um dos principais traficas da Grande Florianópolis. O atraque rolou na noite de segunda-feira.

Os tiras montaram uma barreira junto com a polícia Rodoviária Federal (PRF) de Biguaçu, pra pegar o Palio, placa MCV 8174. Eles reviraram o possante de cabeça pra baixo e encontraram os dois quilos de crack e o um quilo de cocaína escondidos dentro de um dos bancos do carro, que foi cortado só pra guardar a porcaria.
Foram presos Ricardo Leopoldino de Souza Filho, 24 anos, o Cadinho, Rosineide Spindola, 20, e o amado da moçoila, Diego Olavo Albino, 22. Pra equipe do delegado Cláudio Monteiro, Cadinho não é flor que se cheire e é apontado como um dos principais traficantes da Grande Floripa, principalmente no município de Palhoça, onde ele vive. O vadio coleciona passagens pelo crime, mas nunca aprende e volta a aprontar.

Aproveitando que tavam com o peixe grande na mão, os homisdalei deram um pulo na casa do trafica, no bairro Brejarú, em Palhoça, e lá deram de cara com 17 buchas de maconha, 22 porções de cocaína e 112 pedras de crack. Ainda foram apreendidas duas balanças de precisão e uma pistola calibre 380. Fabiano da Silva Ribeiro, 27, que fazia o serviço de guarda da baia também recebeu a pulseira de aço.

A equipe de investigação da Deic já tava na cola de Cadinho e sua turminha há quase dois meses. Na semana passada, souberam que o trafica ia buscar porcariada no norte da Santa & Bela e voltaria pra casa no início dessa semana. Com a informação, montaram a barreira e pegaram a trupe.

  •  

Deixe uma Resposta