• Postado por Tiago

Funcionários do cemitério São Francisco de Assis, no Itacorubi, na capital, levaram um baita dum cagaço hoje pela manhã quando encontraram umas três tumbas violadas. Num caixão aberto os trabalhadores encontraram um defunto fresquinho com a camisa aberta e a pingola pra fora da cueca.

A polícia Civil foi acionada pra investigar a situação, uma vez que o corpo violado é de Alexandre Moraes Santos, 20 anos, o popular Cachaça. O traficante que cumpria pena em regime semiaberto morreu no acidente que vitimou outras quatro pessoas na madrugada de segunda-feira na BR-282, em Palhoça. Alexandre era o dono do Golf que partiu ao meio após dar de frente com a uma árvore. Ele havia sido enterrado na tarde de terça-feira.

A polícia investiga a possibilidade de vandalismo, mas não descarta a possibilidade de inimigos terem ido conferir de perto se aquele que foi enterrado era o Cachaça mesmo, já que ele deixou uma legião de desafetos pelai.

Pelo menos 60 mil pessoas tão enterradas no Itacorubi. A área equivale a 10 campos de futebol e somente uma pessoa faz a vigilância noturna por lá.

  •  

Deixe uma Resposta