• Postado por Tiago

O delegado Alessando Isoppo, da depê de Santo Amaro da Imperatriz, na Grande Floripa, encaminhou ao fórum ontem à tarde o inquérito que acusa Daniel Meza de assassinato. Meza é o motora do busão que rolou ribanceira abaixo e acabou matando oito gringas no dia 19 de abril.

Isoppo entendeu que o motora cometeu oito assassinatos, mas sem intenção de matar. A justiça pode ter outra interpretação. O latão era velho e estava cheio de irregularidades, entre elas a falta de freio motor, que ajuda o sistema de breque quando é necessário fazer uma parada muito brusca. Além disso, o motora estava a 90km/h no trecho onde a máxima permitida é 40km/h.

O delegado solicitou documentos da empresa Emilio Turismo, da Argentina, proprietária do ônibus. A equipe de polícia apurou que a empresa não tinha autorização pra circular no Brasil e que vários documentos foram adulterados para que a lata velha pudesse circular.

O motora tá solto, mas não pode deixar a Grande Floripa até que o juiz diga o contrário. Para Isoppo, além do inquérito no Brasil, o motora e a empresa podem sofrer processo penal na Argentina, por causa dos documentos adulterados. Agora, o inquérito passará por avaliação do juiz.

  •  

Uma Resposta to “Delegado culpa motora de acidente com gringos”

  1. venicius Diz:

    Se nao tinha autorização para rodar no Brasil, como passaram na fronteira??

    passaram um “por fora”??

Deixe uma Resposta