• Postado por Tiago

GERAL-1---INTERNA-BAIXO---g---comerciante-sem-agua-em-navega---foto-carmen-miranda

Comerciante não tem água nem pra lavar a louça

Enquanto o Semasa remanejava a água pros bairros que estavam na seca no Itajaí, o abastecimento do líquido precioso foi cortado às 10h de ontem na city dengo-dengo. O povão ficou revoltado, principalmente porque o dia tava pra lá de quente. A galera do departamento de Água e Esgoto (DAE) de Navega não sabia a previsão pra volta do abastecimento. Mas, durante a noite de ontem, as torneiras já começaram a soltar uns pinguinhos.

Os comerciantes Hélio Henriques, 42 anos, e Carlos Henrique, 40, da Carioca Lanches, foram dois que silascaram. Eles tiveram que buscar em baldes água da caixa do prédio onde moram, pra poder lavar a louça de sua lanchonete. ?Se continuar assim, vamos ter que chamar um caminhão-pipa e gastar uma grana?, lamenta Carlos.

R.W., 58, morador do Gravatá, também tava puteado. Ele mostrou num pano o estado da água que tava chegando no bairro mais afastado de Navega. ?Coloquei este pano na frente da mangueira, pra ver se tirava um pouco da sujeira. O tecido ficou marrom, de tão suja que estava a água. De manhã estava suja, agora nem água mais tem?, choraminga.

A diretora do DAE, Sandra Demétrio, explicou que, infelizmente, Itajaí precisou remanejar seus registros. ?A produção de água está normal. Mas o consumo em Itajaí, Navegantes e Blumenau aumentou 65% estes dias, e não teve como suprir a demanda?, disse a muié, esperando que no findi não falte o líquido precioso em Navega. ?Pelo menos o Semasa não nos falou nada?.

Durante a noite, a água começou a voltar às casas dos dengo-dengos, mas com pouca pressão.

  •  

Deixe uma Resposta