• Postado por Tiago

Tem gente em Navega com medo dos efeitos que a aglomeração dos eventos de comemoração da cidade pode trazer. O dengo-dengo Clebion Miranda, por exemplo, pensa que as atividades deveriam ser adiadas ou mesmo canceladas, já que os megashows vão juntar, além dos navegantinos, muita gente de fora que pode tá carregando o temido vírus H1N1.

O chefão da vigilância sanitária explica que em Navega não tem surto, visto em cidades com mais de três casos da gripe A, e por isso a medida de cancelar os eventos seria muito drástica. “Seria como proibir as pessoas de andarem nas ruas”, afirma Jeferson. Mas o enfermeiro conta que a secretaria tá discutindo medidas para evitar a contaminação durante os shows. Provavelmente, os eventos maiores terão pontos de higienização com álcool em gel.

Jeferson aconselha as pessoas que estiverem com sintomas de gripe a ficarem em casa e assistir o evento pela imprensa. Outra dica é que as pessoas espirrem no braço ou em lenços, isto evita que o vírus caia nas próprias mãos ou mesmo acabe em lugares onde todo mundo põe a mão.

Nas escolas

Pelo mesmo motivo que a festa do niver não foi cancelada, as aulas na cidade também não foram adiadas. O chefe da vigilância sanitária tranquiliza os pais e diz que mesmo se houver algum caso, só os alunos da sala de aula da criança infectada é que deverão ficar de repouso.

  •  

Deixe uma Resposta