• Postado por Tiago

Amanhã, dia 29 de agosto, se comemora o Dia Nacional de Combate ao Fumo. Glamourizado no passado pelas charmosas baforadas de estrelas de cinema, o cigarro já foi desmascarado há tempos e denunciado como vilão da saúde, causador de doenças graves como câncer e enfisema pulmonar.

Não se trata de exagero: cigarro mata mesmo. No Brasil, estima-se que o cigarro mate 80 mil pessoas por ano, alerta o PrevFumo, projeto da Unifesp (Universidade Federal de São Paulo/Escola Paulista de Medicina), que oferece tratamento para largar o vício.

Para animar os futuros ex-fumantes, é bom saber que há muitos benefícios a curtíssimo prazo quando se larga o vício de fumar. A seguir, uma lista com 10 boas notícias para a sua saúde, depois que se apaga o último cigarro.

1 – Em 20 minutos a pressão arterial e os batimentos cardíacos retornam ao normal;
2 – Em oito horas os níveis de monóxido de carbono retornam ao normal;
3 – Em um dia há redução do risco de ataque cardíaco;
4 – Em três dias há relaxamento dos brônquios e aumento da capacidade respiratória;
5 – De duas a 12 semana melhora a circulação;
6 – Entre poucos dias e algumas semanas (dependendo do quanto e por quanto tempo a pessoa fumava) o paladar e o olfato se recuperam completamente;
7 – De um a nove meses há redução de tosse, infecções e ocorre melhora da capacidade respiratória;
8 – Em um ano o risco de doença coronária cai pela metade;
9 – De 10 a 15 anos o risco de doença coronariana se iguala ao de uma pessoa que nunca fumou;
10 – De 15 a 20 anos o risco de câncer se aproxima do risco de uma pessoa que nunca fumou.

Fonte: PrevFumo/Unifesp

  •  

Deixe uma Resposta