• Postado por Tiago

Um aborrescente de 16 anos com uma arma de brinquedo na cintura foi encontrado morto no bairro Pachecos, na Palhoça, na Grande Floripa. Wellington Sutill Capistrano levou dois balaços, um no rosto e outro nas costas. Ele tava sem camisa, de chinelo de dedo, bermuda e boné.

A polícia levantou a hipótese do crime ter relação com as duas mortes de sexta-feira, no bairro Vila Nova, na Palhoça. Magaiver da Silva, 19 anos, e Valdelino Osni da Rosa, 22, foram encontrados mortos a paulada.

A delegada da depê de Palhoça explica que ainda não tem certeza de nada, já que a maneira como as vítimas foram mortas é diferente. Na sexta passada, os dois foram mortos com pauladas na cabeça, enquanto o rapaz morto ontem levou tiros.

Outra possibilidade seria uma tentativa de assalto. A polícia acha que o cara pode ter ido fazer um assalto com a arma de brinquedo e a possível vítima estaria armada de verdade e tenha reagido.

Os policiais fizeram rondas, mas não encontraram nenhum suspeito.

Os pais do menino negam que o filho esteja envolvido com os garotos que morreram na Palhoça, que supostamente fariam parte do tráfico de crack. Eles falaram que o filho saiu de casa no dia 24 de abril e disse que iria morar sozinho. Desde então, não tiveram mais notícias dele.

  •  

Deixe uma Resposta