• Postado por Tiago

A puliça Civil de Porto Belo vai ter que sivirar nos 30 pra descobrir quem foi que tentou mandar pro além um dimenor na noite de quarta-feira, no bairro Perequê. O gurizão tava mocosado num matagal quando levou um balaço na perna. Ele foi acudido pelos socorristas do Samu e levado pro pronto-socorro da city.

A treta rolou por volta das 19h30, num carreiro que atravessa um matagal no final da rua Davi Cota, loteamento Jardim Eldorado. O povão que mora pelas redondezas ouviu o barulho do pipoco e correu pra ver o que tinha rolado.

Eles encontraram o aborrescente Z.C., 17 anos, com uma azeitonada na perna e se contorcendo de dor. A vizinhança chamou o pessoal do Samu, que prestou os primeiros socorros e levou o carinha pro pronto-socorro

Quando finalmente a puliça Militar foi avisada do caso, o dimenor já não tava mais por ali. Eles tentaram descobrir com o povão o que tinha rolado, e se alguém tinha visto o atirador, mas a galera fez boquinha de siri e jurou de mãozinhas postas que ninguém tinha visto nada. O rapazinho já é conhecido da puliçada da região por andar surrupiando badulaques pelaí, por isso a suspeita é de que tenha rolado algum acerto de contas.

A responsa pelo caso, agora, é dos homisdalei da depê de Porto Belo. Mas até a tarde de ontem, a história ainda não tinha sido registrada e os tiras não tavam sabendo de nada. O estado de saúde do gurizão não foi informado.

  •  

Deixe uma Resposta