• Postado por Tiago

O dimenor Jéferson da Silva Freitas, 17 anos, deu um drible na morte, no final da noite de terça-feira, na praia do Gravatá, na Penha. O gurizão tomou um balaço no ombro e outro de raspão na cabeça. Os atiradores são dois malacos que fugiram de motoca. A bronca foi um acerto de contas do tráfico de drogas.

Jéferson tava dando umas bandas pela rua Inácio Francisco de Souza, por volta das 23h, quando os pistoleiros apareceram. A vítima contou aos tiras que o trafica viu ele na rua e resolveu cobrar uma dívida do tráfico de drogas. Como o guri tava sem um pila no bolso, um dos safados sacou uma arma e meteu dois balaços nele. Os trastes deram meia-volta com a cabrita e deixaram o baleado estirado no chão.

A PM esteve no local, mas não achou nem sombras dos mequetrefes. Jéferson disse pros milicos que o atirador mora na Meia Praia, na city dengo-dengo, a PM foi atrás mas não achou os trastes. O caso foi repassado para a polícia civil da Capital do Marisco, que irá investigar quem são os pistoleiros. Jéferson foi levado pro hospital Marieta Konder Bornhausen, em Itajaí, onde continua internado, mas passa bem.

  •  

Deixe uma Resposta