• Postado por Tiago

Deu negativo para a bactéria estreptococo do tipo B nos exames de sangue e da secreção vaginal de Thaís Cordeiro, 16 anos, que morreu no último domingo no hospital Marieta, em Itajaí, cinco dias após ter dado à luz um bebê. O diretor clínico do hospital, Jorge Rebelo, disse que o exame não apontou a bactéria, pois a moça estava tomando antibióticos e o estreptococo não cresce num meio sem oxigênio. Ainda assim, ele acredita que tenha sido a bactéria que provocou infecção no colo do útero da moça e que o bichinho teria vindo com ela.

Leia na edição de amanhã do DIARINHO a reportagem completa desta tristeza.

  •  

Deixe uma Resposta