• Postado por Tiago

O aposentado Arno Sharf, secretário da associação de moradores do Gravatá dengo-dengo, tá sacudo com o aumento no valor do imposto Territorial e Predial Urbano (IPTU). Ele diz que nos últimos dois anos o tributo já aumentou 18,70%.

O dirigente da associação de moradores questiona o reajuste do IPTU, acusando a prefa de não oferecer aos moradores melhorias que possam justitificar o aumento do imposto. “Temos uma praia cheia de esgoto, falta de água e precário escoamento de água fluvial, ruas cheia de buracos, som, assaltos, roubos”, lista Arno Scharf.

Anna Cláudia Costa, responsável pelo IPTU de Navega, explica que não rolou nenhum aumento de imposto este ano. O que houve, diz ela, foi um reajuste de 6,10%, feito com base no índice de Preços ao Consumidor Amplo (IPCA), para que o IPTU possa acompanhar a inflação. “Na gestão passada, em 2008, realmente teve um aumento significativo, de 11,80%, mas mesmo assim estava dentro da lei”, explicou a barnabé.

A chefona do IPTU revelou que a prefa vai contratar uma empresa pra fazer o recadastramento imobiliário em Navega pra atualizar o valor do IPTU em 2011. Aí sim, diz ela, o aumento pode ser significativo.

O vereador Marcos Paulo da Silva (PT) informou que nenhum aumento foi votado na câmara municipal.

  •  

Deixe uma Resposta