• Postado por Tiago

Tucano acredita que vinda de Claudir e Nilson para a câmara foi ruim

?O que atrapalha o governo não é a oposição. O que atrapalha é a incompetência do Periquito?. Com esta paulada, o líder da oposição na Câmara de Vereadores de Balneário Camboriú, Dão Koeddermna (PSDB) falou ao DIARINHO a avaliação do trabalho dos tucanos em 2009, o que espera da casa neste ano e como avalia o trabalho do prefeito Edson Periquito (PMDB).

O tucano acredita que a oposição fez um ótimo trabalho, e que ao contrário do que dizem, eles foram conscientes em todos os posicionamentos, votando os projetos que eram de real interesse da comunidade. Ele ainda desafiou os governistas a provarem que atrapalharam o trabalho da prefa. ?Vamos continuar trabalhando, sendo sempre vigilantes, com uma oposição responsável. Eles que parem de dar desculpas e comecem a trabalhar?, cutucou o vereador.

Como exemplos, Dão fala que a participação da oposição na criação da Guarda Municipal e na comissão mista que estudou a melhor forma de gestão do Hospital Ruth Cardoso, que continua fechado. ?Só três projetos foram rejeitados na Câmara este ano, e os três tinham problemas. Quero que eles me mostrem como a oposição pode ter impedido o governo de fazer o seu trabalho?, desafiou.

Sobre a atuação da bancada governista, Dão desceu ainda mais o cacete, e acredita que a chegada de Nilson Probst (PMDB) e Claudir Maciel (PPS) a casa foi um erro. ?Se o Periquito queria se livrar dos dois, porque estavam mandando mais do que ele na prefeitura, ele acertou. Agora o clima na Câmara ficou muito pior, eles atritaram muito o relacionamento entre a oposição e a situação?, avaliou Dão.

Eleições atrapalham

Dão também acredita que o ano eleitoral vai deixar os trabalhos na Câmara bem complicados, principalmente porque os debates devam girar em torno de dois candidatos, um de oposição e outro do governo. ?As discussões tendem a partir para um cunho político e deixar de lado o cunho administrativo, o que vai acirrar mais ainda os ânimos entre oposição e situação?, conta.

O vereador oposicionista ficou cabreiro com as duas entrevistas dadas pelo prefeito Edson Periquito (PMDB) e por Claudir Maciel, em dezembro do ano passado e na edição de ontem. Os governistas dizem que a prefa entregou um monte de obras em 2009, e gastou R$56 milhões em obras em apenas um ano, contra R$ 98 milhões gastos no governo do ex-prefeito Rubens Spernau (PSDB). ?Só se forem obras abstratas, porque eu não consigo visualizar nenhuma. Eu acho isso uma piada, mais uma falácia do prefeito, que tem que parar de fazer comparações com as administrações anteriores. Ele tem que trabalhar, ele não fez isso até agora!?, esbravejou. Dão ainda disse que o prefeito tem uma equipe bem fraquinha, e citou como ?raras exceções?: Ney Clivatti, superintendente da Emasa e João Batista, secretário de Administração.

  •  

Deixe uma Resposta