• Postado por Tiago

Jocemar Carlos Furtado, o Duda, 35 anos, mandou um jovem de 17 anos pro hospital no domingo. A treta rolou na favela Alfavile. Jocemar tinha uma rixa com o jovem por causa de mulher.

Na madrugada de sábado, Maycon Clênio de Souza, 28, levou um tirombaço no braço no bairro Picadas do Sul. Ele foi levado ao hospital por parentes e depois contou pros homis que tava no orelhão da rua Domingos Filomeno quando dois caras passaram atirando.

Identificado

O homem que teve o couro furado à bala na noite de sexta, em São José, foi identificado pela PM. Trata-se de Mauro Valdir Dias de Jesus, o popular Sapo. O cara tava dando uma banda na rua Arnaldo João de Amorim, no bairro Forquilhinhas, quando foi atingido por seis tiros no peito, pescoço e braços. Apesar dos ferimentos, ele foi socorrido a tempo.

Era quase 21h quando Sapo foi surpreendido por um homem com uma arma na mão. O cara se aproximou atirando e só parou quando a vítima tava caída na chón. Em seguida, o mequetrefe atirador deitou o cabelo.

A polícia acredita em acerto de contas já que Sapo tinha passagem por furto, estupro, violência doméstica e ameaça. A polícia já identificou o responsável pela crueldade, mas não pode contar quem é, até botar o cara atrás das grades.

  •  

Deixe uma Resposta